fbpx
PUBLICIDADE

Ciro Gomes apresenta notícia-crime contra Bolsonaro e ministro

Ex-candidato à presidência da República e o PDT pedem que a Procuradoria-Geral da República abra uma investigação para apurar a suposta prática de advocacia administrativa e também de abuso de autoridade
Ciro Gomes, do PDT, discursa durante o evento, Diálogos Eleitor, realizado pela União Nacional de Entidades do Comércio e Serviços (Unecs) em 2018 (Foto: José Cruz/Agência Brasil)

Ex-candidato à presidência da República, Ciro Gomes e seu partido, o PDT, apresentaram nesta sexta-feira (26) no Supremo Tribunal Federal uma notícia-crime contra o presidente Jair Bolsonaro e o seu ministro da Justiça, André Mendonça. [1][2][3]

No documento, conforme informam a revista Crusoé e o colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, Ciro pede que a Procuradoria-Geral da República abra uma investigação para apurar a suposta prática de advocacia administrativa e também de abuso de autoridade.

Na avaliação dos impetrantes, as respectivas autoridades podem estar usando a estrutura do Estado para realizar uma ofensiva a “adversários políticos do governo federal e a críticos”, mencionando como exemplos inquéritos abertos com base na Lei de Segurança Nacional.





“Observa-se de forma solar o patente desvio de finalidade e o abuso de poder no uso da res pública [coisa pública] para limitar o espectro dos direitos fundamentais dos cidadãos que se manifestem em dissonância com as condutas erráticas do presidente da República”, diz.

Compartilhe essa notícia:




O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama