fbpx
PUBLICIDADE

EUA: Líderes militares garantem posse de Biden e defesa da Constituição

Carta é uma das mais fortes dadas pelas Forças Armadas e pode ser compreendida como um posicionamento contra recentes manifestações do presidente Donald Trump e seus aliados sobre legitimidade eleitoral
Chefe do Estado Maior das Forças Armadas comprimenta Donald Trump em foto de 2017 (Foto: Amber I. Smith / Wikimedia)
Chefe do Estado Maior das Forças Armadas comprimenta Donald Trump em foto de 2017 (Foto: Amber I. Smith / Wikimedia)
PUBLICIDADE

Os cinco integrantes do Estado Maior das Forças Armadas dos Estados Unidos divulgaram, nesta terça-feira (12), uma nota em conjunto reforçando estarem ao lado da Constituição e em favor à posse de Joe Biden no dia 20 de janeiro. [1]

PUBLICIDADE

A declaração é uma das mais fortes dadas pelas Forças Armadas na história e pode ser compreendida como um posicionamento claro contra recentes manifestações do presidente Donald Trump e seus aliados de questionarem o resultado eleitoral.

“Apoiamos e defendemos a Constituição. Qualquer ato para interromper o processo constitucional não é apenas contra nossas tradições, valores e juramento. É contra a lei”, diz o texto.

PUBLICIDADE

Na carta, há o retrospecto de que o povo “confiou nas Forças Armadas dos Estados Unidos para protegê-los e proteger nossa Constituição por quase 250 anos” e que, como sempre foi feito, os militares “obedecerão às ordens legais da liderança civil, apoiarão as autoridades civis para proteger vidas e propriedades, garantirão a segurança pública e permanecerão totalmente comprometidos com a proteção e defesa da Constituição dos Estados Unidos contra todos os inimigos, estrangeiros e internos”.

Compartilhe essa notícia:




O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama