fbpx

Petição pela não obrigatoriedade das vacinas reúne assinaturas na internet

Carta aberta que possui entre os signatários médicos ressalta que os imunizantes contra Covid foram desenvolvidos em tempo recorde e que deve-se levar em consideração os riscos e o direito de objeção

Uma petição disponível no portal Citizen Go desde o dia 9 de outubro e de autoria do “Movimento Legislação e Vida” já reúne quase 60 mil assinaturas contra a obrigatoriedade da vacina da Covid-19. [1]

Em carta aberta destinada a Rodrigo Maia, Davi Alcolumbre e ao presidente do STF, Luiz Fux, os organizadores ressaltam que os imunizantes foram feitos em tempo recorde, estão em ainda em fase de desenvolvimento, portanto sujeito a riscos, e que deve-se considerar o “princípio da livre escolha individual”.

[wp_ad_camp_1]

“Reivindicamos a não obrigatoriedade de vacinação contra a Covid-19, permitindo que os brasileiros possam fazer a sua escolha quando parâmetros de segurança mundial estiverem estabelecidos. Que o zelo e a segurança da saúde dos brasileiros seja a prioridade em detrimento aos interesses mercadológicos, ideológicos e políticos. Que a individualidade e o direito de objeção dos brasileiros seja respeitado”, diz o texto.

A nota também afirma que deve-se considerar os  “riscos de vacinar um indivíduo que teve contato com o vírus e hiperestimular seu sistema imunológico e desenvolver uma reação mais grave que a própria doença, como ocorreu com a vacina da Dengue”.

Dentre os signatários da carta, encontram-se médicos, entre os quais a Dra. Nise Yamaguchi, que ganhou notoriedade no primeiro semestre ao ser uma das principais defensoras do tratamento precoce da doença com hidroxicloroquina. Pelo Twitter, a especialista retuitou a carta. [2]

Desde a última semana, decisão do Supremo Tribunal Federal considerou constitucional medidas federais, estaduais ou municipais que imponham a obrigatoriedade da vacinação, desde que não haja uso da força física. A OMS, no entanto, é contra a medida, como noticiado pelo Boletim da Liberdade.

Para conferir a petição completa contra a vacinação obrigatória, clique aqui.

Foto: Reprodução/Twitter

[wp_ad_camp_3]

Compartilhe essa notícia:

Assine o Boletim da Liberdade e tenha acesso, entre outros, às edições semanais da coluna panorama

plugins premium WordPress
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?