fbpx
PUBLICIDADE


Justiça de São Paulo concede decisão favorável ao ‘Uber’ dos ônibus

Plataforma brasileira Buser conecta passageiros e empresas de frete de ônibus e compete com linhas regulares que saem das rodoviárias nas viagens intermunicipais

- Publicado no dia
Foto: Reprodução

Buser, aplicativo brasileiro que tem facilitado viagens intermunicipais conectando passageiros a empresas de fretamento de ônibus em modelo comparável ao Uber, obteve nesta sexta-feira (11) uma decisão favorável na segunda instância da Justiça de São Paulo. [1]

O app havia sido processado pelo Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiro do estado, que reclamou às autoridades pela concorrência desleal.


PUBLICIDADE



Pelo fato de as linhas de ônibus não saírem das rodoviárias e, na prática, não serem reguladas pelas autoridades como linhas comerciais, havia sido feito a conjectura de que a plataforma facilitaria o transporte clandestino – acusação similar ao que os taxistas faziam no início da operação dos apps de transporte individual.

Na decisão, segundo informa o jornal Folha de S. Paulo, o desembargador Franco de Godoi, relator do processo, pondera que a atividade da empresa “não se caracteriza como de transporte, mas de intermediação entre passageiros-consumidores e prestadores de serviço”.

“Agradecemos a todos que torcem por nós e nos apoiam, sejam usuários ou parceiros. Essa vitória é de todos. Sabemos que ainda há muito a ser conquistado e te convidamos para, juntos, revolucionarmos a maneira de viajar de ônibus no país”, disse a plataforma nas redes sociais. [2]

★ ★ ★

Se você acompanha e aprecia o trabalho jornalístico do Boletim da Liberdade, e valoriza a importância de existir um veículo profissional com viés liberal, pedimos que:

➡ Considere fazer uma assinatura solidária ao Boletim. Com uma contribuição mensal, você ajuda que o site continue no ar e possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos. Curta nossas publicações, compartilhe-as para seus amigos e fale do site para conhecidos e familiares liberais. Toda ajuda faz diferença.

Curta nossa página no Facebook

Notícias no WhatsApp
O Boletim da Liberdade abriu mais um grupo no WhatsApp para recebimento de conteúdos especiais. Mas entre logo: é por tempo limitado. Participe apenas caso tenha interesse em notícias sobre política e economia com um viés liberal. Clique aqui para entrar.
Siga-nos no Twitter

Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



PUBLICIDADE
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.