fbpx
PUBLICIDADE

Ex-candidato a vice-presidente critica tratamento do NOVO ao caso Sabará: ‘muito amador’

Para o professor Christian Lohbauer, o partido precisa "amadurecer" a forma como resolve questões similares, evitando as discussões virtuais de política interna
Christian Lohbauer (Foto: Reprodução / Scoopnest)
Christian Lohbauer (Foto: Reprodução / Scoopnest)
PUBLICIDADE

O professor Christian Lohbauer, que foi candidato à vice-presidência na chapa do Partido Novo em 2018, se manifestou nesta sexta-feira (25) sobre o caso dos questionamentos ao candidato a prefeito de São Paulo, Filipe Sabará. Lohbauer fez severas críticas ao comportamento da própria sigla diante da questão.

PUBLICIDADE

Desde o começo de seu comentário através das redes sociais, o professor contestou a postura de alardear o assunto em público. Para ele, o Comitê de Ética fez alegações “muito fracas” sobre a imagem de Sabará, incluindo gestos como elogios a Paulo Maluf ou ao presidente Jair Bolsonaro como parte da denúncia. “É tudo subjetividade que não deveria levar a nenhum tipo de processo contra ninguém no partido”, sustentou.

Leia também:  'O limite à liberdade de expressão é a justiça', diz pré-candidato do Partido Novo

Sabará também teve sua declaração de patrimônio questionada. Lohbauer concordou em que há necessidade de esclarecimento, mas não acredita que haja problemas. O ponto mais sério seriam as dúvidas sobre a formação acadêmica do candidato. Porém, para Lohbauer, Sabará tem direito a defesa e “a discussão tem que ser técnica”. Apesar do desgaste para o partido, na opinião dele, o caminho é se ater à discussão das provas.

PUBLICIDADE

Lohbauer afirmou ainda que o NOVO já é protagonista no cenário nacional e precisa “amadurecer”: “Não é possível que a gente não consiga resolver os problemas do partido conversando antes. Esse modelo de ficar mandando e-mail, de ficar fazendo debate na letra da regra via eletrônica, (…) é para quando o partido não existia. (…) É muito amador o jeito que é feito, a gente cria muitos problemas para nós mesmos. Nós somos uma agremiação política, a gente precisa conversar antes”. Confira o vídeo:

Compartilhe essa notícia:

Leu até aqui? Siga nas redes!

MARCAS APOIADORAS

Podcast

O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Você tem certeza que deseja cancelar sua assinatura?