fbpx
PUBLICIDADE

ONG de ‘pai’ do Marco Civil critica PL das fake news: ‘Deu tudo errado’

Instituto de Tecnologia e Sociedade do Rio de Janeiro (ITS-Rio) é um dos principais centros de pensamento de tecnologia do país e seus diretores atuaram para a aprovação do Marco Civil na Internet, em 2014
Foto: Agência Câmara
Foto: Agência Câmara
PUBLICIDADE

O projeto de lei que visa coibir a proliferação de fake news que tramita no Senado Federal também desagrada o ITS-Rio, instituto localizado no Rio de Janeiro e cujos diretores ajudaram a conceber o Marco Civil da Internet, aprovado em 2014.

PUBLICIDADE

Em meme publicado no Instagram, a organização compara “o início de um sonho” – representado pelo megazord do seriado Power Rangers com as indicações da integração entre governo, sociedade civil, combate às fake news, setor privado e academia – com um vilão do mesmo seriado com o registro de “Deu tudo errado” acompanhado da inscrição “PL 2636”.

“O combate às fake news não pode atropelar a liberdade de expressão e a privacidade dos cidadãos na internet. Precisamos de debate multissetorial para lidar com a desinformação”, defendeu o ITS-Rio no post. [1]

PUBLICIDADE

Em outra publicação, a organização declara que o projeto “ressuscita temas que violam a liberdade de expressão e a privacidade na internet”, como a “exigência do CPF, censura, rastreamento e localização de dados“. [2]

Foto: Reprodução/Instagram

Compartilhe essa notícia:




O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama