fbpx
PUBLICIDADE


Kim chama de ‘inconsequente’ e ‘oportunista’ pronunciamento de Bolsonaro

Deputado federal do DEM de São Paulo, Kim Kataguiri afirmou que o presidente usou dinheiro público para fazer piada e defende, de forma ‘oportunista’, medidas que não são seguidas em todo o mundo

- Publicado no dia
Foto: Reprodução/YouTube

O deputado federal Kim Kataguiri (DEM/SP), coordenador nacional do MBL, chamou de “absolutamente irresponsável e inconsequente” o pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro na noite desta terça-feira (24) em cadeia nacional de rádio e televisão.

Na avaliação do parlamentar, Bolsonaro fez um discurso “barato, politiqueiro, oportunista e eleitoreiro”, além de se “fazer de vítima” como “se não tivesse errado e a situação estivesse controlada”.

No pronunciamento, Bolsonaro criticou o confinamento amplo sugerido por prefeitos e governadores e ponderou, a exemplo de outros influenciadores conservadores, que a pandemia atinge públicos específicos e mais velhos, sendo que para o resto da população não representaria grande ameaça.


PUBLICIDADE



“No Reino Unido, a política do premiê conservador Boris Johnson era justamente deixar as pessoas se infectarem para que, naturalmente, aquilo fosse imunizando. Agora, ele voltou atrás com base em estudos científicos e determinou um confinamento ainda mais duro. O mesmo ocorreu com o também primeiro ministro do Japão, que impôs medidas ainda mais duras do que qualquer país do ocidente”, lembrou Kim.

Ao fim, o parlamentar defendeu que “as instituições precisam dar uma resposta dura tanto no combate ao coronavírus como ao discurso irresponsável, inconsequente e oportunista do presidente da República que parece estar mais preocupado com as próximas eleições do que efetivamente salvar o Brasil de uma das piores crises sanitárias e humanitárias de toda a história do país”.

Veja, abaixo, a crítica de Kim:

Veja, abaixo, o pronunciamento de Bolsonaro:

★ ★ ★

Se você acompanha e aprecia o trabalho jornalístico do Boletim da Liberdade, e valoriza a importância de existir um veículo profissional com viés liberal, pedimos que:

➡ Considere fazer uma assinatura solidária ao Boletim. Com uma contribuição mensal, você ajuda que o site continue no ar e possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos. Curta nossas publicações, compartilhe-as para seus amigos e fale do site para conhecidos e familiares liberais. Toda ajuda faz diferença.

Curta nossa página no Facebook

Notícias no WhatsApp
O sexto grupo do Boletim da Liberdade no WhatsApp está com vagas abertas. É por tempo limitado. Entre apenas caso tenha interesse em notícias sobre política e economia com um viés liberal. Clique aqui para entrar.
Siga-nos no Twitter

Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.