fbpx
PUBLICIDADE

Witzel critica indiretas do governo federal: ‘não é hora de se fazer política’

Governador do Rio de Janeiro explicou medidas que têm tomado e reclamou da falta de diálogo, coordenação e burocracia para entrar em contato com o governo federal
Foto: Reprodução/CNN
Foto: Reprodução/CNN

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), concedeu uma forte entrevista à CNN Brasil na tarde desta sexta-feira (20) onde teceu duras críticas ao governo federal. [1]

Citado indiretamente nas últimas entrevistas pelo presidente Jair Bolsonaro, seu adversário político, Witzel falou que esse não é o momento de se fazer política e que “o governo federal não entendeu a gravidade da situação”.

“Não podemos brincar com a vida das pessoas. Espero que no Brasil não aconteça o que aconteceu na Itália e Espanha. Até o presente momento, governadores não foram chamados pelo governo. Estamos nos falando através de nosso grupo de Whatsapp. O governo federal precisa acordar, chamar imediatamente todos os governadores para uma videoconferência, precisamos fazer o melhor para população e despolitizar a questão”, destacou.





O governador lamentou ainda o fato de que seu decreto que buscava restringir o transporte terrestre interestadual e aeroportuário não foi ratificado pelo governo federal, que é quem possui, de fato, a competência sobre o tema.

+ Justiça garante liberdade para Malaia organizar cultos em sua igreja





O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama