fbpx

Witzel critica indiretas do governo federal: ‘não é hora de se fazer política’

Governador do Rio de Janeiro explicou medidas que têm tomado e reclamou da falta de diálogo, coordenação e burocracia para entrar em contato com o governo federal
Foto: Reprodução/CNN

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), concedeu uma forte entrevista à CNN Brasil na tarde desta sexta-feira (20) onde teceu duras críticas ao governo federal. [1]

Citado indiretamente nas últimas entrevistas pelo presidente Jair Bolsonaro, seu adversário político, Witzel falou que esse não é o momento de se fazer política e que “o governo federal não entendeu a gravidade da situação”.

[wp_ad_camp_1]

“Não podemos brincar com a vida das pessoas. Espero que no Brasil não aconteça o que aconteceu na Itália e Espanha. Até o presente momento, governadores não foram chamados pelo governo. Estamos nos falando através de nosso grupo de Whatsapp. O governo federal precisa acordar, chamar imediatamente todos os governadores para uma videoconferência, precisamos fazer o melhor para população e despolitizar a questão”, destacou.

Leia também:  PF cumpre mandados de busca e apreensão na casa e gabinete de Carlos Bolsonaro

O governador lamentou ainda o fato de que seu decreto que buscava restringir o transporte terrestre interestadual e aeroportuário não foi ratificado pelo governo federal, que é quem possui, de fato, a competência sobre o tema.

+ Justiça garante liberdade para Malaia organizar cultos em sua igreja

[wp_ad_camp_3]

Compartilhe essa notícia:

Assine o Boletim da Liberdade e tenha acesso, entre outros, às edições semanais da coluna panorama

plugins premium WordPress
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?