fbpx
PUBLICIDADE


Vídeo: Janaina Paschoal pede que Bolsonaro saia da presidência

Em duro discurso feito na Assembleia Legislativa de São Paulo, deputada estadual do PSL que quase foi vice de Bolsonaro declarou arrependimento do voto e questionou atitude de Bolsonaro ao ir em ato do dia 15

- Publicado no dia
Janaína Paschoal (Marcelo Camargo / Agência Brasil)

A deputada estadual Janaina Paschoal (PSL/SP) fez, nesta segunda-feira (16), um duro discurso contra o presidente Jair Bolsonaro na Assembleia Legislativa de São Paulo. A parlamentar e advogada que quase concorreu à vice-presidência na chapa de Bolsonaro pediu que ele saia da presidência e dê o poder a Mourão.

“Quando as autoridades tem o poder e dever de tomar providências para evitar um resultado danoso e assim não procedem, elas respondem por esse resultado. Isso é homicídio doloso. Vai ser atribuído principalmente ao presidente da República. O que ele fez ontem é inadmissível, injustificável, indefensável, crime contra a saúde pública. Desrespeitou a ordem do seu ministro da saúde. Esse senhor tem que sair da presidência da República. Deixa o Mourão, que entende de defesa. O nosso país está entrando numa guerra contra um inimigo invisível. Deixa o Mourão que é treinado para a defesa conduzir a nação”, pediu a parlamentar.


PUBLICIDADE



Janaina, que foi autora do pedido de impeachment que culminou na saída da ex-presidente Dilma Rousseff, questionou ainda “como um homem que está possivelmente infectado vai para o meio da multidão”.

“Eu me arrependi do meu voto. Que país é esse? Como é que esse homem vai lá, potencialmente contaminando as pessoas, pegando nas mãos, beijando? Ele está brincando? Ele acha que pode tudo? As autoridades têm que se unir e pedir para ele se afastar. Nós não temos tempo para um processo de impeachment. Nós estamos sendo invadidos por um inimigo invisível. Precisamos de pessoas capazes e competentes de conduzir a nação. Quero crer que o Mourão possa fazer esse trabalho por nós”, concluiu.

Assista:

★ ★ ★

Se você acompanha e aprecia o trabalho jornalístico do Boletim da Liberdade, e valoriza a importância de existir um veículo profissional com viés liberal, pedimos que:

➡ Considere fazer uma assinatura solidária ao Boletim. Com uma contribuição mensal, você ajuda que o site continue no ar e possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos. Curta nossas publicações, compartilhe-as para seus amigos e fale do site para conhecidos e familiares liberais. Toda ajuda faz diferença.

Curta nossa página no Facebook

Notícias no WhatsApp
O sexto grupo do Boletim da Liberdade no WhatsApp está com vagas abertas. É por tempo limitado. Entre apenas caso tenha interesse em notícias sobre política e economia com um viés liberal. Clique aqui para entrar.
Siga-nos no Twitter

Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.