fbpx
PUBLICIDADE


Primeiro exame de Bolsonaro indica coronavírus, diz jornalista

Coluna Esplanada, escrita pelo jornalista Leandro Mazzini e republicada em grande quantidade de jornais, informa que primeiro exame indicou positivo e que aguarda-se, agora, o resultado da contraprova

- Publicado no dia
Bolsonaro em Miami (Foto: Alan Santos / Presidência da República)

O jornalista Leandro Mazzini, responsável pela “Coluna Esplanada”, repercutida em grandes jornais do país, divulgou nesta sexta-feira (13) que o primeiro exame de coronavírus do presidente Jair Bolsonaro deu positivo. Agora, o presidente e seu entorno aguardariam o resultado da contraprova, segundo exame para confirmar ou não a doença. [1][2]

“Há tensão no ar. A despeito de passar tranquilidade na TV, e pedir ao povo para evitar as ruas (um claro cancelamento da convocação das manifestações pró-governo de domingo), Bolsonaro não esconde as evidências dos cuidados com a saúde. Apareceu de máscara hoje de manhã e não saiu do Palácio da Alvorada, a residência oficial”, escreveu o jornalista.


PUBLICIDADE



Mazzini pontuou ainda que não se sabe ainda “se Bolsonaro vai divulgar o resultado”, inclusive por se tratar de uma “situação de soberania nacional”.

“Passar à população uma imagem de um presidente infectado pode causar medo geral e até mexer com os índices da Bolsa de Valores, que já oscilam fortemente há uma semana, com circuit breaker como rotina”, escreveu, complementando ainda que militares de alta patente que cercam o presidente poderão ser convocados para que seja decidido o que fazer.

Editado às 12h59: o presidente Jair Bolsonaro foi ao Twitter e afirmou que os exames feitos pelo Hospital das Forças Armadas, de Brasília, deram negativo para o coronavírus. O presidente também criticou a imprensa pela divulgação da informação.

Jornal ‘O Dia’, um dos principais do Rio de Janeiro, divulga notícia (Foto: Reprodução)

+ ÚLTIMAS VAGAS: Curso de Introdução de Liberalismo abre vagas para a primeira turma por tempo limitado

★ ★ ★

Se você acompanha e aprecia o trabalho jornalístico do Boletim da Liberdade, e valoriza a importância de existir um veículo profissional com viés liberal, pedimos que:

➡ Considere fazer uma assinatura solidária ao Boletim. Com uma contribuição mensal, você ajuda que o site continue no ar e possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos. Curta nossas publicações, compartilhe-as para seus amigos e fale do site para conhecidos e familiares liberais. Toda ajuda faz diferença.

Curta nossa página no Facebook

Notícias no WhatsApp
O Boletim da Liebrdade abriu mais um grupo no WhatsApp para recebimento de conteúdos especiais. Mas entre logo: é por tempo limitado. Participe apenas caso tenha interesse em notícias sobre política e economia com um viés liberal. Clique aqui para entrar.
Siga-nos no Twitter

Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



PUBLICIDADE
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.