fbpx
PUBLICIDADE


Bolsonaro afirma ter ‘comprovado’ fraude que teria impedido vitória no 1º turno

Presidente prometeu revelar ‘brevemente’ as supostas provas que conseguiu; no primeiro turno das eleições de 2018, o presidente alcançou 46,03% dos votos, faltando menos de 4% para já ganhar a eleição

- Publicado no dia
Bolsonaro em Miami (Foto: Alan Santos / Presidência da República)

O presidente Jair Bolsonaro afirmou na noite desta segunda-feira (9) nos Estados Unidos que houve fraude no primeiro turno das eleições presidenciais de 2018. A fala foi feita durante um evento com apoiadores brasileiros em Miami. [1]

Sem apresentar publicamente provas (o que prometeu fazer “brevemente”),  Bolsonaro sustentou que poderia ter sido eleito já no primeiro turno (quando alcançou pouco mais de 46% dos votos válidos).


PUBLICIDADE



“Pelas provas que tenho em minhas mãos, que vou mostrar brevemente, eu fui eleito no primeiro turno mas, no meu entender, teve fraude. Nós não temos apenas palavra, temos comprovado, brevemente quero mostrar, porque precisamos aprovar no Brasil um sistema seguro de apuração de votos”, disse o presidente, que desde quando era deputado federal defende um sistema que garanta o voto impresso, ainda que ocorra em paralelo à votação eletrônica.

Pauta volta a circular

No Congresso Nacional, voltou a ganhar força a articulação para pressionar pelo aperfeiçoamento do sistema eleitoral e com duras críticas ao modelo de total dependência do voto eletrônico.

Com a repercussão da opinião de especialistas e conservadores, foi lançada na última quarta-feira (3) a Frente Parlamentar pela Contagem Pública dos Votos com a liderança de parlamentares ligados à Aliança pelo Brasil, partido em fundação que tem Bolsonaro como presidente.

★ ★ ★

Se você acompanha e aprecia o trabalho jornalístico do Boletim da Liberdade, e valoriza a importância de existir um veículo profissional com viés liberal, pedimos que:

➡ Considere fazer uma assinatura solidária ao Boletim. Com uma contribuição mensal, você ajuda que o site continue no ar e possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos. Curta nossas publicações, compartilhe-as para seus amigos e fale do site para conhecidos e familiares liberais. Toda ajuda faz diferença.

Curta nossa página no Facebook

Notícias no WhatsApp
O sexto grupo do Boletim da Liberdade no WhatsApp está com vagas abertas. É por tempo limitado. Entre apenas caso tenha interesse em notícias sobre política e economia com um viés liberal. Clique aqui para entrar.
Siga-nos no Twitter

Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.