fbpx
PUBLICIDADE

‘Não recomendamos ninguém a ir na manifestação’, diz Renan Santos, do MBL

Coordenador e estrategista do Movimento Brasil Livre criticou duramente nas redes sociais a articulação do governo e acusou aliados do presidente de estarem iludindo a população com as críticas ao Congresso
Renan Santos (Foto: Reprodução/YouTube)
Renan Santos (Foto: Reprodução/YouTube)

Coordenador nacional e principal estrategista do Movimento Brasil Livre, Renan Santos defendeu na tarde desta terça-feira (3) que os brasileiros não participem das manifestações de rua de apoio ao presidente no dia 15 de março. Em transmissão ao vivo no Instagram, o coordenador criticou duramente a articulação do governo e afirmou que os brasileiros estão se sendo enganados por ‘malandros’.

Na avaliação do ativista, os aliados e influenciadores ligados a Jair Bolsonaro estão iludindo a população na questão relativa ao relacionamento com o Congresso.

Para Renan, o governo negocia – e negocia mal – e, na polêmica relativa ao veto 52, que trata da disputa entre os poderes, a própria base de apoio do governo deixou passar a norma no passado. Crítica parecida também foi feita pela deputada estadual por São Paulo, Janaína Paschoal (PSL), que lamentou no plenário da ALESP que os parlamentares ligados ao governo não reagiram quando puderam.

“O Paulo Guedes tem um plano ambicioso, mas estão jogando nas costas dele a condução política desse plano. Isso não deveria ser a responsabilidade dele. É para isso que tem a Casa Civil, mas agora tem generais lá sem a menor capacidade para isso”, criticou.

O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Siga o Boletim

Leia também

Coluna Panorama

Coluna de notas do mundo político, econômico e cultural, exclusiva para assinantes do Boletim da Liberdade e atualizada todas as segundas-feiras pela manhã