fbpx

Hang oferece recompensa para descobrir quem queimou estátua da Havan

Incêndio destruiu, no final de dezembro, réplica da estátua da liberdade na loja de São Carlos (SP); desde o início, dono havia sustentado que ato havia sido criminoso e "terrorista"; crime foi confirmado pela Polícia
Foto: Reprodução/Facebook

O empresário Luciano Hang, dono da rede de lojas Havan, publicou um vídeo nesta sexta-feira (10) oferecendo uma recompensa de R$ 100 mil a quem ajudar a descobrir os culpados pelo incêndio e destruição da estátua da loja de São Carlos, em São Paulo, no final de dezembro. [1]

[wp_ad_camp_1]

Desde o início, Hang havia sustentado que o crime tratava-se de terrorismo e sugeriu, nas redes, motivação política. A Polícia Civil confirmou, após apuração inicial, que o incêndio havia sido criminoso. [2]

No vídeo divulgado nas redes, o empresário – que com algumas centenas de milhares de seguidores – apareceu fantasiado de xerife.

“São R$ 100 mil de recompensa. É isso mesmo. Como se fazia no velho oeste para pegar o bandido. O xerife dava a recompensa. Imagine só: R$ 100 mil para as informações que nos levem a pegar os bandidos”, disse.

O empresário é um dos principais apoiadores públicos do meio empresarial do presidente Bolsonaro e já apareceu em vídeo até ao lado do filósofo Olavo de Carvalho.

[wp_ad_camp_3]

Compartilhe essa notícia:

Assine o Boletim da Liberdade e tenha acesso, entre outros, às edições semanais da coluna panorama

plugins premium WordPress
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?