fbpx

Gigantes Amazon e Alibaba cogitam compra dos Correios, diz jornalista

Jornalista Leandro Mazzini, da coluna 'Esplanada', divulgou informação em seu blog como advinda de 'fontes do setor' ; Boletim alerta que esse tipo de especulação é comum para ampliar o valor de venda
Sede dos Correios, em Brasília (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O jornalista Leandro Mazzini, que mantém a coluna “Esplanada”, publicou nesta terça-feira (25) em seu site que as varejistas online referência em e-commerce Amazon (EUA) e Alibaba (China) já estudam a possibilidade de comprar os Correios. Ele credencia a informação a “fontes do setor”. [1]

Segundo o jornalista, a estatal despertaria interesse por ter o que chamou de “mapa da mina”, isto é, “a lógica da entrega nacional para seus potenciais futuros clientes”.

[wp_ad_camp_1]

“O fato de os Correios também atuarem como Banco Postal pode atiçar o setor bancário. As multinacionais podem se associar a um banco privado brasileiro para a compra”, afirmou, subentendendo que os bancos poderiam ter interesse em novas agências.

Boletim da Liberdade alerta os leitores que esse tipo de informação costuma surgir em épocas que precedem privatizações. Assim como reduz-se o investimento para gerar caixa, existe o interesse em amplificar supostos interesses para ampliar o valor da companhia na desestatização.

+ Bolsonaro confirma rumores e admite que privatização dos Correios está nos radares

+ Marcos Pontes não quer privatizar Correios, revela secretário de Guedes

[wp_ad_camp_3]

Compartilhe essa notícia:

Assine o Boletim da Liberdade e tenha acesso, entre outros, às edições semanais da coluna panorama

plugins premium WordPress
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?