fbpx
PUBLICIDADE

Organizações programam ações de conscientização sobre altos impostos

Confederação Nacional dos Jovens Empresários organizou 'Feirão do Imposto' em postos de combustíveis em mais de 17 cidades pelo país; no Rio de Janeiro, com o apoio da Rede Liberdade, haverá 'Chopp sem Imposto'
Evento do Feirão do Imposto em Maringá, em 2019 (Foto: Divulgação)
Evento do Feirão do Imposto em Maringá, em 2019 (Foto: Divulgação)
PUBLICIDADE

Organizações empresariais e liberais organizam entre maio e junho ações de conscientização sobre os altos impostos no país. Em geral, os projetos envolvem subsídios a preços de produtos durante algum tempo, atraindo a atenção do consumidor final sobre o impacto dos tributos no custo de vida.

PUBLICIDADE

A Confederação Nacional dos Jovens Empresários (Conaje), por exemplo, organizou no último sábado (25) seu “Feirão do Imposto”. Em parceria com entidades regionais, postos de combustível venderam gasolina a preço mais barato. O projeto já ocorre há 17 anos e costuma atrair filas de motoristas interessados em abastecer com preços mais baratos.

“Nosso intuito é criar uma conscientização da população em geral sobre o tamanho da carga tributária e a necessidade da reforma tributária. Isso é feito através de ações no comércio, ações educacionais e de rua”, diz a assessoria de imprensa da organização.

PUBLICIDADE

Leia também:  Governo reduz IPI de produtos fabricados no Brasil

No Rio de Janeiro, na próxima terça-feira (4), será a vez de se juntarem entidades como o Instituto Liberal, fundado em 1983, o movimento Livres, o Students for Liberty Brasil, além de outras entidades em destaque na cidade, como o Clube Liberal Isabel Paterson, formado por alunos da PUC-Rio.

Com o apoio da Rede Liberdade, que apoiará eventos similares em outras regiões, as organizações realizarão o evento “Chopp sem Imposto” em um bar localizado em Botafogo, na Zona Sul do Rio.

“O objetivo do evento é conscientizar o público sobre a alta carga tributária brasileira de uma forma descontraída e informal. Queremos causar essa reflexão”, ponderou ao Boletim da Liberdade a ativista Cecilia Lopes, diretora do Clube Liberal Isabel Paterson e uma das organizadoras do encontro.

PUBLICIDADE

Leia também:  São Paulo reduz ICMS do etanol de 13,3% para 9,57%

Segundo ela, o Brasil “é um país que tem uma carga tributária muita alta, comparável aos países nórdicos, apesar de um nível de renda muito menor”.

“[Essa carga tributária] é totalmente descabida com a nossa realidade e ainda temos gastos do governo em uma magnitude absurda. Há até cobranças absurdas em remédio, comida, uma taxação de consumo que atinge principalmente a população mais pobre. A organização do evento avalia que a alta carga tributária é inaceitável e precisa ser refletida”, afirmou.

Em São Paulo, organizações como o Instituto de Formação de Líderes e o Instituto Mises Brasil também não devem ficar de fora. Está prevista a “Semana Sem Imposto” na capital paulista, que contará com diversas ações localizadas de organizações de viés liberal.

PUBLICIDADE

Leia também:  São Paulo reduz ICMS do etanol de 13,3% para 9,57%

Reforma Tributária

Na Câmara dos Deputados, já está em discussão um primeiro projeto de reforma tributária. Na proposta, está a extinção de diversos impostos, como o IPI, PIS, COFINS, ICMS e ISS, para dar lugar ao IBS (Imposto sobre Bens e Serviços), que seria cobrado apenas no fim da cadeia produtiva.

Outra discussão que já surgiu no debate público também é a recriação de um imposto sobre movimentação financeira para substituir diversos outros tributos existentes. Já defendida pelo hoje ministro Paulo Guedes e por seu secretário de Receita, Marcos Cintra, o projeto – porém – enfrentou críticas do presidente Jair Bolsonaro. Em 2017, a carga tributária no país alcançou 32% do PIB.

Compartilhe essa notícia:

APOIO

Obrigado por ter lido até aqui.

O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Você tem certeza que deseja cancelar sua assinatura?