fbpx
PUBLICIDADE


Bruno Garschagen afirma que saiu do MEC para cuidar de projetos pessoais

O cientista político foi exonerado nesta quinta-feira (4) e decidiu se manifestar sobre o assunto nas redes sociais, agradecendo ao ministro pela oportunidade

- Publicado no dia
Bruno Garschagen (Foto: Reprodução / Palestrarte)

Conforme o Boletim noticiou mais cedo, o cientista político Bruno Garschagen, autor da Record, deixou o Ministério da Educação nesta quinta-feira (4). No começo da noite, ele se manifestou em seu Twitter sobre a exoneração.

Garschagen, que ocupava a chefia do departamento de comunicação e imprensa do ministério, atribuiu a saída a um acordo com o ministro Ricardo Vélez, visando à sua dedicação a projetos pessoais. “Após quase três meses de intenso trabalho, deixo o MEC, em decisão acordada com o ministro Ricardo Vélez, para cuidar dos meus projetos pessoais, incluindo o doutorado e os lançamentos do meu livro novo, “Direitos Máximos, Deveres Mínimos”‘, afirmou.

Garschagen agradeceu muito ao ministro e à equipe com que trabalhou pela oportunidade de conhecer o MEC “desde dentro” e expressou orgulho pelo trabalho institucional desenvolvido. Confira as publicações:


PUBLICIDADE



★ ★ ★

Se você acompanha e aprecia o trabalho jornalístico do Boletim da Liberdade, e valoriza a importância de existir um veículo profissional com viés liberal, pedimos que:

➡ Considere fazer uma assinatura solidária ao Boletim. Com uma contribuição mensal, você ajuda que o site continue no ar e possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos. Curta nossas publicações, compartilhe-as para seus amigos e fale do site para conhecidos e familiares liberais. Toda ajuda faz diferença.

Curta nossa página no Facebook

Notícias no WhatsApp
O sexto grupo do Boletim da Liberdade no WhatsApp está com vagas abertas. É por tempo limitado. Entre apenas caso tenha interesse em notícias sobre política e economia com um viés liberal. Clique aqui para entrar.
Siga-nos no Twitter

Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.