fbpx
PUBLICIDADE


Em post de 1º de abril, MBL cutuca Bolsonaro com promessa não cumprida

Entidade fez post temático sobre o dia da mentira, ‘comemorado’ no início de abril, e rememorou promessas de políticos brasileiros, como a inauguração do trem bala antes da Copa

- Publicado no dia
EBC congrega, entre outras companhias, a TV Brasil e a Rádio Nacional (Foto: Divulgação)

O Movimento Brasil Livre cutucou o presidente Jair Bolsonaro em publicação temática nesta segunda-feira, 1º de abril, dia da mentira.

Em arte divulgada nas redes sociais, o MBL expôs quatro manchetes expondo promessas não concretizadas de políticos brasileiros.

Além de referências a Alckmin, Dilma Rousseff e à transporsição do Rio São Francisco, a entidade relembrou a fala de Bolsonaro, antes da eleição, de “extinguir ou privatizar a TV Brasil”, cuja permanência foi defendida, depois, pelo ministro Santos Cruz, da Secretaria de Governo da Presidência.


PUBLICIDADE



O recuo em privatizações esperadas é um dos pontos ainda nebulosos do governo Jair Bolsonaro. Secretário de privatizações do ministro Paulo Guedes, Salim Mattar admitiu que sofre resistências até para privatizar os Correios.

Confira, abaixo, o post completo do MBL:

★ ★ ★

Se você acompanha e aprecia o trabalho jornalístico do Boletim da Liberdade, e valoriza a importância de existir um veículo profissional com viés liberal, pedimos que:

➡ Considere fazer uma assinatura solidária ao Boletim. Com uma contribuição mensal, você ajuda que o site continue no ar e possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos. Curta nossas publicações, compartilhe-as para seus amigos e fale do site para conhecidos e familiares liberais. Toda ajuda faz diferença.

Curta nossa página no Facebook

Notícias no WhatsApp
O sexto grupo do Boletim da Liberdade no WhatsApp está com vagas abertas. É por tempo limitado. Entre apenas caso tenha interesse em notícias sobre política e economia com um viés liberal. Clique aqui para entrar.
Siga-nos no Twitter

Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.