fbpx
PUBLICIDADE


Suspeito de matar Marielle pesquisou sobre Fernando Holiday, do MBL

Ronnie Lessa, preso nesta semana após investigação apontar evidências de que poderia estar envolvido com o assassinato de Marielle Franco, pesquisou sobre “pretos, pobres e viados” em 2017 no Google

- Publicado no dia
(Foto: Reprodução / Pleno News)

Registros apontam que o ex-policial militar Ronnie Lessa, suspeito de ser o assassino de Marielle Franco, pesquisou sobre o vereador Fernando Holiday (DEM/SP), de São Paulo, coordenador nacional do MBL. [1]

A denúncia, feita primeiramente pela revista Época com base em dados obtidos da investigação do assassinato, aponta que Lessa pesquisava sobre “pretos, pobres e viados” no Google em 2017 quando chegou a Holiday.


PUBLICIDADE



Não seria, contudo, a primeira vez que Holiday se vê diante de uma ameaça. Em 2018, o parlamentar foi alvo de tiros em seu gabinete. Na ocasião, o vereador falou que o atentado não iria calar sua atuação política, de viés liberal.

A princípio, não há ligação entre os fatos. Também não há evidências, tirando a pesquisa, de que Ronnie Lessa teria interesse de cometer algum ato contra Holiday. Assim como Marielle, Holliday é negro e homossexual.

★ ★ ★

Se você acompanha e aprecia o trabalho jornalístico do Boletim da Liberdade, e valoriza a importância de existir um veículo profissional com viés liberal, pedimos que:

➡ Considere fazer uma assinatura solidária ao Boletim. Com uma contribuição mensal, você ajuda que o site continue no ar e possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos. Curta nossas publicações, compartilhe-as para seus amigos e fale do site para conhecidos e familiares liberais. Toda ajuda faz diferença.

Curta nossa página no Facebook

Notícias no WhatsApp
O sexto grupo do Boletim da Liberdade no WhatsApp está com vagas abertas. É por tempo limitado. Entre apenas caso tenha interesse em notícias sobre política e economia com um viés liberal. Clique aqui para entrar.
Siga-nos no Twitter

Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.