fbpx

Integralistas comemoram aumento de imposto e pedem subsídios a produtores

Movimento, popular na década de 1930, ressurge na internet e opina sobre temas atuais; em janeiro, em Minas Gerais, grupo de integralistas denominados 'Frente Integralista Brasileira' organizou evento em Belo Horizonte
Evento da Frente Integralista Brasileira em Belo Horizonte, em janeiro (Foto: Reprodução/Facebook)

Populares na década de 1930, os integralistas estão de volta. Nesta quarta-feira (13), em publicação no Facebook, a página denominada “Frente Integralista Brasileira” comemorou a proteção do mercado nacional de leite em pó por parte do governo, medida criticada por liberais. [1]

“O Brasil teve uma vitória, ainda que modesta, contra Paulo Guedes e o nefasto liberalismo econômico”, diz a nota do movimento.

[wp_ad_camp_1]

Embora considerem a medida “necessária”, os integralistas a rotulam como insuficiente.

“O ideal seria que ela fosse acompanhada de subsídios aos nossos produtores nos mesmos moldes dos dados pelos governos europeus aos seus produtores, o que permitiria o necessário barateamento do leite em pó produzido em nosso país”, afirma o texto, sem entrar em maiores detalhes como se deu esse raciocínio econômico.

Associado genericamente à direita, o integralismo é um movimento anti-liberal. Em seu site, a Frente Integralista Brasileira critica o capitalismo e o discurso da liberdade trazido pelo liberalismo, que teria “a degradado e a tornado uma enfermidade”. [2]

[wp_ad_camp_3]

Compartilhe essa notícia:

Assine o Boletim da Liberdade e tenha acesso, entre outros, às edições semanais da coluna panorama

plugins premium WordPress
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?