fbpx
PUBLICIDADE


Integralistas comemoram aumento de imposto e pedem subsídios a produtores

Movimento, popular na década de 1930, ressurge na internet e opina sobre temas atuais; em janeiro, em Minas Gerais, grupo de integralistas denominados ‘Frente Integralista Brasileira’ organizou evento em Belo Horizonte

- Publicado no dia
Evento da Frente Integralista Brasileira em Belo Horizonte, em janeiro (Foto: Reprodução/Facebook)

Populares na década de 1930, os integralistas estão de volta. Nesta quarta-feira (13), em publicação no Facebook, a página denominada “Frente Integralista Brasileira” comemorou a proteção do mercado nacional de leite em pó por parte do governo, medida criticada por liberais. [1]

“O Brasil teve uma vitória, ainda que modesta, contra Paulo Guedes e o nefasto liberalismo econômico”, diz a nota do movimento.


PUBLICIDADE



Embora considerem a medida “necessária”, os integralistas a rotulam como insuficiente.

“O ideal seria que ela fosse acompanhada de subsídios aos nossos produtores nos mesmos moldes dos dados pelos governos europeus aos seus produtores, o que permitiria o necessário barateamento do leite em pó produzido em nosso país”, afirma o texto, sem entrar em maiores detalhes como se deu esse raciocínio econômico.

Associado genericamente à direita, o integralismo é um movimento anti-liberal. Em seu site, a Frente Integralista Brasileira critica o capitalismo e o discurso da liberdade trazido pelo liberalismo, que teria “a degradado e a tornado uma enfermidade”. [2]

★ ★ ★

Se você acompanha e aprecia o trabalho jornalístico do Boletim da Liberdade, e valoriza a importância de existir um veículo profissional com viés liberal, pedimos que:

➡ Considere fazer uma assinatura solidária ao Boletim. Com uma contribuição mensal, você ajuda que o site continue no ar e possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos. Curta nossas publicações, compartilhe-as para seus amigos e fale do site para conhecidos e familiares liberais. Toda ajuda faz diferença.

Curta nossa página no Facebook

Notícias no WhatsApp
O sexto grupo do Boletim da Liberdade no WhatsApp está com vagas abertas. É por tempo limitado. Entre apenas caso tenha interesse em notícias sobre política e economia com um viés liberal. Clique aqui para entrar.
Siga-nos no Twitter

Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.