PUBLICIDADE


Bernardo Santoro assume assessoria especial da Casa Civil no governo Witzel

Ex-presidente do Instituto Liberal, do Rio de Janeiro, Santoro já foi candidato a vereador em 2012 e tem passagem por diversas organizações do ecossistema pró-liberdade

- Publicado no dia
Bernardo Santoro (Foto: Reprodução / El País)

Mais um nome de destaque no ecossistema pró-liberdade assumiu uma função de relevo na administração pública nesta terça-feira (8). O ex-presidente do Instituto Liberal (IL), Bernardo Santoro, foi confirmado no Diário Oficial como assessor especial da Casa Civil no governo de Wilson Witzel, no Rio de Janeiro. [1]

Bernardo, que é advogado, mestre em Teoria e Filosofia do direito e economia, já havia participado da equipe de transição e protagonizado a redação do programa de governo do ex-juiz. A trajetória de Santoro, além da gestão do IL entre 2013 e 2016, contou ainda com um breve retorno ao instituto como diretor jurídico em 2018, a presença no grupo que tentou criar o partido “Libertários” no início da década e a passagem pelo Movimento Brasil Livre.

Entre 2016 e 2017, Santoro foi ainda assessor próximo do então pré-candidato à presidência, Jair Bolsonaro, tendo concorrido ao cargo de vereador em 2012 pelo PSL, atualmente partido de Bolsonaro. Ele também atuou como professor universitário, inclusive no Centro Mackenzie de Liberdade Econômica.

Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.