PUBLICIDADE


RJ: novo governador cita Carlos Lacerda, líder de direita, em seu discurso de posse

Wilson Witzel afirmou que ex-governador do Estado da Guanabara e principal opositor de Getúlio Vargas é uma “fonte de inspiração” e, em seu discurso, fez inúmeras referências a Deus

- Publicado no dia
Wilson Witzel chora em posse no Rio de Janeiro (Foto: Reprodução/GloboNews)

O novo governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), terminou seu discurso de posse nessa terça-feira (1º) citando Carlos Lacerda, mais notório líder de direita da Quarta República ou República Nova (1946-1964) e principal opositor de Getúlio Vargas.

Assim como Witzel, Lacerda foi governador – só que do extinto Estado da Guanabara, atual município do Rio de Janeiro. Para o novo governador, trata-se de uma “grande fonte de inspiração”.


PUBLICIDADE



“Finalizando, não poderia deixar de citar uma grande fonte de inspiração para políticos deste estado, o Governador Carlos Lacerda, que deixou inegável legado de desenvolvimento a este estado. Peço licença para tomar, agora, suas palavras: ‘A impunidade gera audácia dos maus. O futuro não é o que se teme, o futuro é o que se ousa. Eu ousei”, disse.

O discurso contou ainda com inúmeras referências a Deus, necessidade de se combater a corrupção no Rio de Janeiro e referências ao seu passado.

“Chegou a hora de libertar o estado da irresponsabilidade da corrupção que marcaram as últimas duas décadas da política estadual. Sob a proteção de Deus, eu renunciei uma carreira. Renunciei a toga, a magistratura federal, e iniciei uma jornada que simboliza todo o meu amor e indignação com o que vimos e ouvimos. É um ato de amor ao povo e ao Estado do Rio de Janeiro”, afirmou Witzel, que terá entre seus secretários o ativista e engenheiro Roberto Motta, ligado ao MBL.

Nas eleições, Witzel disparou na reta final e venceu, no segundo turno, o ex-prefeito do Rio, Eduardo Paes. Em grande medida, por se associar como candidato de Flávio Bolsonaro, filho de Jair.

★ ★ ★

Nós criamos o Boletim da Liberdade porque acreditamos em um jornalismo sério, independente e de viés liberal. Você pode ajudar esse projeto.

Para que possamos manter e melhorar nossa missão de organizar, divulgar e apurar informações de interesse público, tornando-as acessíveis para todos, precisamos da sua ajuda. Se você é um entusiasta do Boletim, colabore fazendo uma assinatura ou fazendo uma doação de qualquer valor. Contamos com você para viabilizar um jornalismo mais plural e democrático no Brasil.

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Seja um assinante e receba nosso conteúdo por Whatsapp


Seja um mantenedor com uma doação única de qualquer valor


Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.