fbpx

Juíza do Paraná concede liminar ao MBL para retomar páginas derrubadas

Três páginas de núcleos paranaenses do Movimento Brasil Livre terão que ser restauradas em no máximo dez dias por decisão da Justiça do estado
Juíza paranaense deu prazo ao Facebook para restaurar as páginas (Foto: Reprodução / Jornal Milênio)

A Justiça do Paraná decidiu neste domingo (23) conceder uma liminar ao Movimento Brasil Livre determinando o reestabelecimento de páginas de Facebook que foram derrubadas no estado. São as páginas dos núcleos de três cidades. [1]

O MBL Curitiba, o MBL Paraná e o MBL Ponta Grossa são os núcleos beneficiados com a decisão. Suas páginas tinham sido retiradas sumariamente do ar na última sexta-feira (21) juntamente com o perfil pessoal do deputado federal eleito no estado, Paulo Eduardo Martins, sem nenhuma justificativa.

O advogado Pierre Lourenço explicou que a juíza Carolina Fontes Vieira deu ao Facebook o prazo de cinco dias para restaurar as páginas, sob pena de multa diária de mil reais, com prazo limite de dez dias de descumprimento. Ultrapassado esse prazo, a multa será aumentada e poderão ser aplicadas outras sanções.

[wp_ad_camp_1]

[wp_ad_camp_3]

Compartilhe essa notícia:

Assine o Boletim da Liberdade e tenha acesso, entre outros, às edições semanais da coluna panorama

plugins premium WordPress
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?