fbpx
PUBLICIDADE


Juíza do Paraná concede liminar ao MBL para retomar páginas derrubadas

Três páginas de núcleos paranaenses do Movimento Brasil Livre terão que ser restauradas em no máximo dez dias por decisão da Justiça do estado

- Publicado no dia
Juíza paranaense deu prazo ao Facebook para restaurar as páginas (Foto: Reprodução / Jornal Milênio)

A Justiça do Paraná decidiu neste domingo (23) conceder uma liminar ao Movimento Brasil Livre determinando o reestabelecimento de páginas de Facebook que foram derrubadas no estado. São as páginas dos núcleos de três cidades. [1]

O MBL Curitiba, o MBL Paraná e o MBL Ponta Grossa são os núcleos beneficiados com a decisão. Suas páginas tinham sido retiradas sumariamente do ar na última sexta-feira (21) juntamente com o perfil pessoal do deputado federal eleito no estado, Paulo Eduardo Martins, sem nenhuma justificativa.

O advogado Pierre Lourenço explicou que a juíza Carolina Fontes Vieira deu ao Facebook o prazo de cinco dias para restaurar as páginas, sob pena de multa diária de mil reais, com prazo limite de dez dias de descumprimento. Ultrapassado esse prazo, a multa será aumentada e poderão ser aplicadas outras sanções.


PUBLICIDADE



★ ★ ★

Nós criamos o Boletim da Liberdade porque acreditamos em um jornalismo sério, independente e de viés liberal. Você pode ajudar esse projeto.

Para que possamos manter e melhorar nossa missão de organizar, divulgar e apurar informações de interesse público, tornando-as acessíveis para todos, precisamos da sua ajuda. Se você é um entusiasta do Boletim, colabore fazendo uma assinatura. Com menos de R$ 10 ao mês, você ajuda a viabilizar um jornalismo mais plural e democrático no Brasil e tem acesso a conteúdos exclusivos.

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.