PUBLICIDADE


MBL faz novo comentário sobre caso do Coaf: ‘respostas não convenceram’

Em nova nota, o Movimento Brasil Livre segue mantendo certa crítica aos fatos divulgados pelo Coaf e pela imprensa, pressionando para uma breve explicação da situação

- Publicado no dia
Foto: Marcelo Régua/ Agência O Globo

O Movimento Brasil Livre divulgou na tarde desta sexta-feira (14) um novo comentário sobre a situação envolvendo assessores e ex-assessores parlamentares de Flávio Bolsonaro (PSL/RJ) e Jair Bolsonaro (PSL). [1][2]

Com a divulgação pelo site UOL que uma ex-assessora de Jair e Flávio mantinha, ao mesmo tempo, outro emprego – o de personal training -, o movimento afirmou que “o Brasil precisa de transparência e “os envolvidos precisam esclarecer essa reportagem”.

“As histórias estão muito estranhas e as respostas não convenceram ainda”, afirmou em nota no Twitter. No Facebook, a entidade complementou pedindo para que “tudo seja esclarecido o mais rápido possível”.


PUBLICIDADE



Essa não é, porém, a primeira vez que o MBL se manifesta sobre o caso do ex-assessor de Flávio Bolsonaro, cuja movimentação em conta despertou atenção do Conselho de Controle de Atividades Financeiras.

“Não podemos macular essa nova etapa na luta contra a esquerda e o patrimonialismo com práticas que, caso confirmadas, redundem na apropriação legal do erário por meio de assessores. Não acreditamos que este seja o caso”, diz o texto, divulgado no último dia 8.

Confira também:

► CHEGOU A HORA DE APRENDER SOBRE BITCOINS EM UM GUIA OBJETIVO: Um treinamento para iniciar no mercado de criptomoedas e ganhar dinheiro.

► CRIE UM NEGÓCIO ONLINE E COMPLEMENTE A SUA RENDA. Siga o passo a passo para em 30 dias começar a faturar sem sair de casa.

► VOCÊ SABIA QUE EXISTE TÉCNICA PARA GANHAR NA LOTERIA? Quem comprou, não se arrependeu. 10 dias de garantia ou o seu dinheiro de volta

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Seja um assinante e receba nosso conteúdo por Whatsapp


Seja um mantenedor com uma doação única de qualquer valor

Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.