fbpx
PUBLICIDADE

Bolsonaro vai atuar para acalmar o clima na bancada do PSL, diz Mourão

Vice-presidente eleito deu declaração à agência de notícias Reuters e afirmou que expectativa é que Bolsonaro possa resolver o conflito dentro da futura bancada com "liderança hábil"
Foto: Wilton Júnior/Estadão Conteúdo
Foto: Wilton Júnior/Estadão Conteúdo

O presidente da República eleito Jair Bolsonaro intercederá na relação dos deputados eleitos pelo PSL, seu partido, para acalmar as tensões externalizadas na troca de mensagens vazadas nesta quinta-feira (6).

A informação foi revelada pelo vice-presidente eleito General Mourão à agência de notícias Reuters. Segundo ele, Bolsonaro fará, nessa situação, o “papel de líder”. [1]

“São pequenos problemas. São fáceis de resolver com liderança hábil. O Jair Bolsonaro fará”, afirmou o militar da reserva, que é filiado ao PRTB.





Bolsonaro, de fato, possui experiência parlamentar. Além de, formalmente, ainda ser deputado federal, possui na bagagem sete mandatos parlamentares. Já a bancada do PSL é constituída, em sua maioria, de novatos no parlamento.





O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama