PUBLICIDADE


Ex-presidente do IEE e Instituto Millenium estará na comissão de transição de Bolsonaro

Executivo já participou da criação e gestão de diversas organizações liberais e foi Secretário Municipal de Gestão do então prefeito de São Paulo, João Doria; Uebel se soma a Guedes e Sachsida na transição

- Publicado no dia
O executivo Paulo Uebel tem larga passagem pelo movimento liberal (Foto: Metro)

Mais um nome ligado ao movimento liberal deve auxiliar o presidente eleito Jair Bolsonaro na fase inicial do governo. O advogado e executivo Paulo Uebel, ex-presidente do Instituto de Estudos Empresariais (IEE), entidade que organiza anualmente o Fórum da Liberdade, estará na comissão de transição para o governo Jair Bolsonaro (PSL). [1][3]

Uebel também foi, entre 2008 e 2011, diretor-executivo do Instituto Millenium, quando editou A Revolta de Atlas, de Ayn Rand. Paulo Guedes, futuro Ministro da Economia de Bolsonaro, é um dos fundadores da organização. Posteriormente, Uebel ajudou a fundar o Instituto de Formação de Líderes de Belo Horizonte e São Paulo. [2]


PUBLICIDADE



Na política, Uebel atuou como Secretário Municipal de Gestão do então prefeito de São Paulo João Doria entre 2017 e 2018. Na iniciativa privada, é membro do Conselho de Administração do Grupo Evora S.A. (ligado à família Ling) e foi CEO do LIDE, grupo de líderes empresariais, entidade de João Doria, hoje governador eleito do Estado de São Paulo.

★ ★ ★

Nós criamos o Boletim da Liberdade porque acreditamos em um jornalismo sério, independente e de viés liberal. Você pode ajudar esse projeto.

Para que possamos manter e melhorar nossa missão de organizar, divulgar e apurar informações de interesse público, tornando-as acessíveis para todos, precisamos da sua ajuda. Se você é um entusiasta do Boletim, colabore fazendo uma assinatura ou fazendo uma doação de qualquer valor. Contamos com você para viabilizar um jornalismo mais plural e democrático no Brasil.

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Seja um assinante e receba nosso conteúdo por Whatsapp


Seja um mantenedor com uma doação única de qualquer valor

Leia também:  NOVO celebra avanço de reformas na Câmara, mas quer manter poderes da Receita Federal

Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.