SOBRE     ASSINE     NEWSLETTER     FACEBOOK     TWITTER     YOUTUBE



Em quem votar no RJ? Conheça alguns candidatos a deputado federal e estadual

Boletim da Liberdade inicia série de publicações que listará alguns dos principais nomes que disputarão vagas para deputado federal e estadual no Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul

- Publicado no dia
Foto: Editoria de Arte/Boletim da Liberdade

As eleições de 2018 podem representar um marco para a história política do Brasil. Como há décadas não se via, tem-se à disposição dos eleitores um grande leque de políticos que, sob diferentes prismas e diferentes gostos, defendem ideias da liberdade para o futuro, como mais empreendedorismo, combate à corrupção e privilégios e outras liberdades individuais.

Diante disso, o Boletim da Liberdade decidiu selecionar alguns dos principais quadros que disputam nas praças que mais acessam o site: Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul.

Não se trata de sugestão de voto, mas uma forma de apresentar e facilitar o processo de pesquisa e escolha individual de cada leitor.

A escolha seguiu critérios como relevância no cenário político, pluralidade de ideias e partidos, representatividade e trabalhos já prestados. Naturalmente, foram critérios de eliminação o endosso a ideias socialistas ou clara oposição à liberdade econômica. Nesta primeira semana, daremos exposição aos parlamentares que concorrem a um mandato pelo Rio de Janeiro:

Candidatos a DEPUTADO FEDERAL no Rio de Janeiro:

Nome e Número
Partido
Descrição
O deputado federal Otavio Leite busca em 2018 seu quarto mandato na Câmara dos Deputados. Rara exceção na política do Rio, o parlamentar tem uma história coerente e um trabalho significativo em apoio aos empreendedores e empresas juniores. Devido a essa postura, recebeu em 2017 o título de melhor parlamentar do Rio de Janeiro do Ranking dos Políticos, organização que tem em seu conselho de avaliação de leis nomes como Gustavo Franco, Diogo Costa e Adriano Gianturco.
Primeiro político eleito pelo Partido Novo no Rio, Leandro Lyra conquistou uma cadeira na Câmara de Vereadores em 2016 com uma votação expressiva. Ao longo dos seus quase dois anos de mandato, mostrou coerência e combatividade, sendo muitas vezes uma voz isolada na Câmara. Sua decisão de concorrer a deputado federal no meio de seu primeiro mandato gerou reações diversas dentro do partido, mas Lyra manteve sua posição e conseguiu o direito de concorrer.
Carlos Jordy pode ser uma boa pedida para os eleitores mais entusiastas de Jair Bolsonaro. Apelidado pelos seus opositores de "Filhote de Bolsonaro", Jordy cursou a Academia de Polícia Federal e foi eleito em 2016 como vereador de Niterói. Seu mandato foi marcado por uma atuação combativa e grandes divergências com o PSOL. Conservador, defende com vigor o Escola Sem Partido e é contrário à "Ideologia de Gênero".
Se para você o principal problema do Brasil é a segurança pública, seu voto deve ser para Roberto Motta. Um dos fundadores do Partido Novo e engenheiro de formação, Motta é pela primeira vez candidato. Seu lema de campanha é que "a pena da vítima não pode ser mais leve do que a pena do criminoso". Motta quer mudar o Código Penal, acabar com o regime semiaberto e aumentar as penas. Sua campanha conta com o endosso do Movimento Brasil Livre.
Ricardo Rangel pode ser a opção para liberais mais progressistas do Rio. Pela primeira vez candidato, nunca ocupou cargo público. Na iniciativa privada, foi sócio-diretor da Conspiração Filmes e teve uma coluna jornal 'O Globo'. Em seu site, Rangel afirma defender a descriminalização das drogas, ser favorável à legalização do aborto e contrário ao porte de arma - apenas favorável à posse. Rangel também defende que o Estado destine recursos à cultura.

PUBLICIDADE



Candidatos a DEPUTADO ESTADUAL no Rio de Janeiro:

Nome e Número
Partido
Descrição
Pela primeira vez candidato a deputado estadual, Bruno Lessa tem 27 anos e é apoiado por formadores de opinião como o youtuber Arthur do Val (o "Mamãe Falei") e o vereador Fernando Holiday. Eleito em 2012 como o mais jovem vereador de Niterói, Lessa fez um mandato combativo em defesa de transparência e combate à corrupção. Na ALERJ, promete propor o Seguro Contra Corrupção e investir suas emendas parlamentares para a inteligência na segurança pública.
Se as manifestações de rua não são mais um monopólio da esquerda, é graças a pioneiros como Marcelo Medeiros. Em 2011, ele criou no Rio o "Movimento 31 de Julho" e começou a organizar os primeiros protestos de combate à corrupção no estado. No início, poucos íam - mas o desânimo não acabava. A persistência deu frutos e, entre 2015 e 2016, aquelas manifestações iniciais se multiplicaram e tiraram o PT do poder. Na ALERJ, Medeiros diz em suas redes que quer seguir combatendo a corrupção e lutar pelo fim da impunidade.
Ex-presidente do Livres, Paulo Gontijo tem passagem por muitas organizações liberais, entre elas o Instituto Millenium. Pela primeira vez candidato, o empresário foi um dos selecionados do programa RenovaBR e quer, na ALERJ, usar a tecnologia para prestar contas e gerar participação em seu mandato. Ele também promete "cortar e restringir" benefícios e defender uma política de corte de gastos para o Rio recuperar a economia.
Ex-coordenador do Students for Liberty Brasil e ex-presidente do DCE da PUC-Rio, Pedro Duarte é assessor parlamentar e concorre pela primeira vez a deputado estadual. Considerado um bom candidato pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, Duarte promete atuar pela recuperação econômica do Rio e é crítico dos gastos da ALERJ. Ele também defende os empreendedores e as cervejarias artesanais.
Rodrigo Amorim é a melhor pedida para os entusiastas da candidatura de Jair Bolsonaro. Advogado, Amorim é indicado por Flavio Bolsonaro como quem "dará continuidade" ao seu trabalho na ALERJ (hoje, Flávio concorre ao Senado). "É da minha total confiança, um patriota e totalmente alinhado conosco", disse Flávio.

+ CURSO SEGREDOS DO BITCOIN 2.0: Treinamento para iniciar no mercado de criptomoedas

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Seja um assinante e receba nosso conteúdo por Whatsapp


Seja um mantenedor com uma doação única de qualquer valor

Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também