PUBLICIDADE


Bolsonaro segue marchando rumo a 30% e Amoêdo chega a 4% em nova pesquisa

Candidato do Partido Novo dobrou o percentual obtido na pesquisa Datafolha, divulgada no último dia 23, e fica à frente de Ciro Gomes, Geraldo Alckmin e Marina na pesquisa espontânea

- Publicado no dia
João Amoêdo e Jair Bolsonaro: crescimento consistente na nova pesquisa de intenção de votos (Foto: Reprodução/Facebook)

Passados 11 dias desde o início da campanha eleitoral, os simpatizantes das ideias liberais e conservadoras tem bons motivos para comemorar. Em pesquisa feita pela FSB Comunicação a pedido do Banco BTG Pactual divulgada na manhã desta segunda-feira (27), Jair Bolsonaro (PSL) e João Amoêdo (NOVO) apresentaram consistente crescimento. [1]

O candidato do PSL lidera com 24% das intenções de voto no cenário sem a presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso por corrupção, e abre margem de 9% de diferença da segunda colocada, Marina Silva (Rede).


PUBLICIDADE


O primeiro candidato à presidência da República pelo Partido Novo, por sua vez, alcança 4% em ambos os cenários, superando a margem de 2% que já havia sido comemorada na pesquisa Datafolha divulgada no último dia 23. Na ocasião, entusiastas interpretaram os números como sendo o despertar de uma “onda laranja”.

O desempenho de Amoêdo é ainda mais impressionante, porém, levando em consideração a pesquisa espontânea, onde os entrevistados citam seus candidatos preferidos sem terem acesso a uma listagem de quem estará na disputa. Nela, o candidato do NOVO já aparece em terceiro lugar, com 3% das indicações, à frente de nomes como Geraldo Alckmin (PSDB), Marina Silva (Rede) e Ciro Gomes (PDT).

★ ★ ★

Nós criamos o Boletim da Liberdade porque acreditamos em um jornalismo sério, independente e de viés liberal. Você pode ajudar esse projeto.

Para que possamos manter e melhorar nossa missão de organizar, divulgar e apurar informações de interesse público, tornando-as acessíveis para todos, precisamos da sua ajuda. Se você é um entusiasta do Boletim, colabore fazendo uma assinatura ou fazendo uma doação de qualquer valor. Contamos com você para viabilizar um jornalismo mais plural e democrático no Brasil.

Leia também:  Deputado do PSL pede que STF informe quando será julgamento do voto impresso
Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Seja um assinante e receba nosso conteúdo por Whatsapp


Seja um mantenedor com uma doação única de qualquer valor


Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.