fbpx
PUBLICIDADE

Beatriz Kicis anuncia que processará Revista Veja por distorcer declaração

Postulante ao cargo de deputada federal, a ativista gravou áudio de entrevista que concedeu à 'Veja' e apresentou como prova para abrir processo
Beatriz Kicis (Foto: Reprodução / Jornalivre)
Beatriz Kicis (Foto: Reprodução / Jornalivre)

A procuradora do Distrito Federal aposentada e ativista Beatriz Kicis se tornou conhecida pela sua participação em vídeos ao lado de figuras como Olavo de Carvalho e pelo seu esforço constante por pautas como o voto impresso e o Escola Sem Partido. Candidata a deputada federal no Distrito Federal pelo partido de Bolsonaro, o PSL, ela denunciou, nesta sexta-feira (17), uma distorção em suas palavras em entrevista para a Revista Veja.

Em matéria de capa da revista sobre o economista Paulo Guedes, apresentado pelo presidenciável Jair Bolsonaro como seu nome para a economia, a candidata afirmou que Guedes definiu sua união com o militar como “um casamento entre a ordem e o progresso; a ordem representada por Bolsonaro e o progresso representado pelas pautas liberais”. A Veja escreveu que Kicis teria dito que o progresso é “representado por ele mesmo”, Paulo Guedes.

A distorção, que ela demonstra exibindo o áudio da entrevista, deverá dar origem a um processo contra a revista. Confira o vídeo:









O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama