fbpx
PUBLICIDADE

Henrique Meirelles decide enfatizar sua associação com Lula

Segundo a matéria, o ex-ministro da Fazenda estaria de olho em alavancar sua candidatura e teria decidido que esse seria o melhor caminho
Henrique Meirelles (Foto: Reprodução / Época Negócios)
Henrique Meirelles (Foto: Reprodução / Época Negócios)

O candidato do MDB à presidência, Henrique Meirelles, decidiu mudar sua estratégia de campanha e “colar” sua imagem na do ex-presidente Lula, informa o Estadão em matéria do último dia 30. O movimento contraria a omissão do nome de Lula em recente propaganda do candidato, conforme repercutido pelo Boletim. [1]

Segundo a matéria, a equipe de comunicação do ex-ministro da Fazenda teria concluído que a única forma de superar os números decepcionantes na campanha – apenas 1% de intenção de voto – seria, ao mesmo tempo em que volta os dardos contra aqueles que figuram na liderança, como Jair Bolsonaro (PSL) e Ciro Gomes (PDT), explorar a “herança” de Lula. A iniciativa se baseia no sucesso que o nome do petista ainda alcança nas mesmas pesquisas.

Meirelles deverá enfatizar sua passagem pelo Banco Central no governo Lula, explorando a sensação popular de sucesso econômico daquela administração. Para isso, o ex-ministro tentará dissociar o petista de sua sucessora, Dilma Rousseff.





Compartilhe essa notícia:




O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama