fbpx
PUBLICIDADE

Jair Bolsonaro critica resultado de pesquisa do Instituto Datafolha

Pré-candidato à presidência rejeitou os dados, levantando acusações contra a idoneidade do instituto e comparando seus dados com os da pesquisa do DataPoder360
(Foto: Reprodução / Exame)
(Foto: Reprodução / Exame)

Neste domingo (10), o Instituto Datafolha liberou o resultado de sua última pesquisa de intenções de voto. Pela primeira vez, Jair Bolsonaro ultrapassa Lula na pesquisa de menções espontâneas, mas tanto Marina Silva quanto Ciro Gomes, ao contrário do que dizia a pesquisa do DataPoder360, o derrotariam no segundo turno – Marina por uma diferença superior à margem de erro de dois pontos percentuais. O pré-candidato do PSL não gostou da pesquisa do Datafolha. [1]

Em vídeo divulgado em suas redes sociais, Bolsonaro destacou que o instituto fala exatamente o contrário do DataPoder360 e acusou sutilmente o Datafolha de manipular os resultados de acordo com os interesses de seus financiadores. Disse que o instituto “continua pagando vexame” e “recebendo algo de muito bom dos seus patrocinadores”.

Confira o vídeo:









O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama