PUBLICIDADE


Jair Bolsonaro critica resultado de pesquisa do Instituto Datafolha

Pré-candidato à presidência rejeitou os dados, levantando acusações contra a idoneidade do instituto e comparando seus dados com os da pesquisa do DataPoder360

- Publicado no dia
(Foto: Reprodução / Exame)

Neste domingo (10), o Instituto Datafolha liberou o resultado de sua última pesquisa de intenções de voto. Pela primeira vez, Jair Bolsonaro ultrapassa Lula na pesquisa de menções espontâneas, mas tanto Marina Silva quanto Ciro Gomes, ao contrário do que dizia a pesquisa do DataPoder360, o derrotariam no segundo turno – Marina por uma diferença superior à margem de erro de dois pontos percentuais. O pré-candidato do PSL não gostou da pesquisa do Datafolha. [1]

Em vídeo divulgado em suas redes sociais, Bolsonaro destacou que o instituto fala exatamente o contrário do DataPoder360 e acusou sutilmente o Datafolha de manipular os resultados de acordo com os interesses de seus financiadores. Disse que o instituto “continua pagando vexame” e “recebendo algo de muito bom dos seus patrocinadores”.

Confira o vídeo:


PUBLICIDADE



★ ★ ★

Nós criamos o Boletim da Liberdade porque acreditamos em um jornalismo sério, independente e de viés liberal. Você pode ajudar esse projeto.

Para que possamos manter e melhorar nossa missão de organizar, divulgar e apurar informações de interesse público, tornando-as acessíveis para todos, precisamos da sua ajuda. Se você é um entusiasta do Boletim, colabore fazendo uma assinatura ou fazendo uma doação de qualquer valor. Contamos com você para viabilizar um jornalismo mais plural e democrático no Brasil.

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Seja um assinante e receba nosso conteúdo por Whatsapp


Seja um mantenedor com uma doação única de qualquer valor

Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.