fbpx
PUBLICIDADE

Bolsonaro diz em vídeo que quem aposta no ‘quanto pior, melhor’ é a esquerda

O parlamentar e presidenciável apoiou a manifestação dos caminhoneiros, mas afirmou que é preciso parar antes que a situação piore
(Foto: Reprodução / TNH1)
(Foto: Reprodução / TNH1)

O presidenciável Jair Bolsonaro (PSL-RJ) havia declarado apoio à paralisação dos caminhoneiros, com a única ressalva de ser contrário aos bloqueios em rodovias. No início da madrugada desta terça-feira (29), porém, ele se pronunciou em vídeo em suas redes sociais dizendo que é preciso saber quando parar e que a aposta no “quanto pior, melhor” é do interesse da “esquerda comunista”.

“Caminhoneiros, humildemente peço a vocês: não vamos quebrar o Brasil”, pediu o parlamentar. Segundo Jair, o governo federal é o principal culpado pela situação, e os caminhoneiros merecem os parabéns pela sua “luta justa contra mazelas que atingem a população causadas pela corrupção enraizada em nosso país”, mas é preciso “sabedoria para que tudo volte à normalidade antes que a situação piore e caia na conta de vocês (os caminhoneiros) o que é de total responsabilidade do governo”.

Confira o vídeo na íntegra:





Compartilhe essa notícia:




O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama