fbpx

‘Não é de direita quem quer ver o circo pegar fogo’, diz Constantino

Presidente do conselho deliberativo do Instituto Liberal publicou um desabafo nas redes sociais neste sábado contra apoiadores da greve que acham que são de direita
Foto: Divulgação / Band

O analista político Rodrigo Constantino, presidente do conselho deliberativo do Instituto Liberal, publicou uma dura crítica neste sábado (26) a pessoas que se identificam como sendo de direita e, ao mesmo tempo, seguem apoiando os atos dos caminhoneiros.

“Não é conservador quem aposta na quebra institucional e na revolução pelo caos; não é de direita, ao menos não de boa estirpe, quem quer ver o circo pegar fogo pois ‘pior que tá não fica’; não é liberal quem pede governo definindo preço de produtos na canetada”, disse.

[wp_ad_camp_1]

Parte dos caminhoneiros, como já noticiado pelo Boletim da Liberdade, chegou a colocar como uma de suas reivindicações a deposição do presidente da República, do Senado Federal e do Supremo Tribunal Federal e a pedir uma intervenção militar.

Economista de formação, Constantino também afirmou que “não é defensor de princípios quem usa o argumento petista de que a vida está dura para justificar crimes; e jamais será estadista quem, de forma oportunista, aproveita esse clima para insuflar as massas e tirar casquinha eleitoral de uma greve”, em provável referência a Jair Bolsonaro, que apoiou as paralisações.

[wp_ad_camp_3]

Compartilhe essa notícia:

Assine o Boletim da Liberdade e tenha acesso, entre outros, às edições semanais da coluna panorama

plugins premium WordPress
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?