fbpx
PUBLICIDADE


Por causa da greve, MBL propõe medidas para reduzir preço dos combustíveis

Movimento coordenado por Kim Kataguiri divulgou em sua página no Facebook medidas que incluem privatizações, criação de um mercado competitivo no setor de energia e dureza no combate à corrupção

- Publicado no dia
Foto: Reprodução/Facebook

O Movimento Brasil Livre divulgou na tarde desta quinta-feira (24) uma listagem com 10 propostas que poderiam contribuir para a redução do preço da gasolina no país. O comunicado vai ao encontro do quarto dia da paralisação dos caminhoneiros em protesto ao valor cobrado pelos combustíveis.

Dentre as medidas propostas pelo MBL, está a “privatização imediata da Petrobrás” para a “criação de um mercado competitivo” no setor de energia. A entidade também listou uma legislação mais dura contra a corrupção, a venda de imóveis do governo e o corte dos supersalários do funcionalismo público.

+ Sindicalista reclama que preço do combustível no Brasil varia de acordo com o mercado internacional

Confira a publicação na íntegra clicando aqui.


PUBLICIDADE



+ ÚLTIMAS VAGAS: Curso de Introdução de Liberalismo abre vagas para a primeira turma por tempo limitado

★ ★ ★

Se você acompanha e aprecia o trabalho jornalístico do Boletim da Liberdade, e valoriza a importância de existir um veículo profissional com viés liberal, pedimos que:

➡ Considere fazer uma assinatura solidária ao Boletim. Com uma contribuição mensal, você ajuda que o site continue no ar e possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos. Curta nossas publicações, compartilhe-as para seus amigos e fale do site para conhecidos e familiares liberais. Toda ajuda faz diferença.

Curta nossa página no Facebook

Notícias no WhatsApp
O Boletim da Liberdade abriu mais um grupo no WhatsApp para recebimento de conteúdos especiais. Mas entre logo: é por tempo limitado. Participe apenas caso tenha interesse em notícias sobre política e economia com um viés liberal. Clique aqui para entrar.
Siga-nos no Twitter

Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



PUBLICIDADE
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.