fbpx
PUBLICIDADE


Dom Bertrand reclama de casamento de Harry com divorciada: ‘Nunca autorizaria’

Príncipe brasileiro, trineto de Dom Pedro II, deu declarações polêmicas em entrevista à BBC Brasil; argumento utilizado pelo segundo na linha de sucessão do Brasil vai ao encontro da tradição católica da família

- Publicado no dia
Foto: Editoria de Arte

O príncipe Dom Bertrand de Orleans e Bragança, segundo na linha de sucessão imperial em caso de restauração monárquica no Brasil, condenou em entrevista à BBC Brasil o casamento real entre o príncipe britânico Harry e a atriz americana Meghan Markle, que acontece nesse sábado (19). [1]

Católico fervoroso, Bertrand afirmou ao veículo que “como católico, não vê com bons olhos o casamento de uma divorciada”, referindo-se à atriz. Se coubesse a ele permitir o casamento, como coube à Rainha Elizabeth, “nunca autorizaria”.


PUBLICIDADE



“Nunca poderia aprovar este casamento, sob pena de não ser coerente com a minha fé”, argumentou o príncipe. Na entrevista à BBC, Dom Bertrand também contou que não foi convidado para a cerimônia.

+ Monarquia: 128 anos depois, seria uma boa ideia promover a restauração?

★ ★ ★

Se você acompanha e aprecia o trabalho jornalístico do Boletim da Liberdade, e valoriza a importância de existir um veículo profissional com viés liberal, pedimos que:

➡ Considere fazer uma assinatura solidária ao Boletim. Com uma contribuição mensal, você ajuda que o site continue no ar e possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos. Curta nossas publicações, compartilhe-as para seus amigos e fale do site para conhecidos e familiares liberais. Toda ajuda faz diferença.

Curta nossa página no Facebook

Notícias no WhatsApp
O sexto grupo do Boletim da Liberdade no WhatsApp está com vagas abertas. É por tempo limitado. Entre apenas caso tenha interesse em notícias sobre política e economia com um viés liberal. Clique aqui para entrar.
Siga-nos no Twitter

Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.