fbpx
PUBLICIDADE

Head de comunicação do NOVO responde nota de revista e explica aplicativo

Coluna 'Radar', do jornalista Maurício Lima, afirmou que o NOVO havia mudado estratégia de comunicação após mudança de algoritmo do Facebook que teria gerado 'queda vertiginosa nos acessos'
Foto: Reprodução/Facebook
Foto: Reprodução/Facebook

A coluna “Radar”, do site da revista Veja, publicou na tarde desta sexta-feira (4) que o NOVO foi forçado a mudar sua estratégia de comunicação em virtude de uma suposta redução de visibilidade no Facebook fruto de mudança no algoritmo da rede social. Para solucionar o problema, o partido lançaria um aplicativo. [1]

Gustavo Ramos, head de comunicação da executiva nacional do partido, porém, questionou a nota. Segundo ele, não houve nenhuma mudança de estratégia, tampouco queda de números, e confirmou o desenvolvimento de um aplicativo da legenda.

“O app não está sendo criado para substituir nenhuma outra mídia. Pelo contrário, ele será mais uma opção para o NOVO interagir com um de seus principais públicos”, escreveu em seu perfil no Facebook. [2]





O executivo reforçou também que, nos últimos cinco meses, a quantidade de “engajamento e seguidores” só cresceu.

“A última alteração algorítmica do Facebook foi em jan/fev e, apesar disso, a página oficial do partido cresceu 13,7%, chegando a mais de 1,7 milhão de seguidores no mês passado”, explicou

Ramos também observou que cresceu a quantidade de pessoas que falam sobre o partido no Facebook e de usuários impactados pela legenda.

“Isso é resultado do trabalho incansável de profissionais altamente qualificados e comprometidos com o projeto do NOVO”, concluiu, complementando que a legenda está “entre as maiores páginas de partidos políticos do mundo”.





O profissional criticou ainda a revista por não apresentar “nenhum dado concreto” e também por não ter ouvido o partido. Em abril, por sua vez, o Boletim da Liberdade já havia destacado a boa performance do NOVO e, especialmente, de João Amoêdo nas redes sociais.

Compartilhe essa notícia:




O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama