fbpx
PUBLICIDADE


Presidente de Sindicato de Jornalistas diz para repórter se afastar: ‘para o teu bem’

O repórter da Record estava no acampamento pró-Lula em Curitiba, quando o presidente do sindicato gaúcho advertiu-o de que seria mais seguro ficar próximo à polícia

- Publicado no dia
(Foto: Reprodução / Pioneiro)

O fato aconteceu em Curitiba, nos arredores do acampamento pró-Lula. A partir deste domingo (29), começou a circular pelas redes sociais um vídeo em que o presidente do Sindicato dos Jornalistas do Rio Grande do Sul, Milton Siles Sima Junior, adverte um repórter da Record de que deveria se afastar do local e ataca toda a imprensa como conivente com o “golpe”. [1]

O repórter era Marc Souza, da RIC Paraná, afiliada local da Rede Record. No vídeo, é possível ouvir Milton nitidamente dizer que ele deveria ir para o lado onde está o carro da polícia, a fim de “preservar a tua integridade”. Milton diz que fazer a gravação na via pública onde Marc estava “não seria recomendável” já que a emissora a que ele pertence “fala mal do movimento”. Isso porque, na visão de Milton, “a imprensa está toda junta no golpe”.

O Sindicato publicou uma nota sobre o assunto, afirmando que o vídeo “mostra, perfeitamente, a intenção do sindicalista de proteger o profissional, exatamente como deve agir quem representa uma categoria”, já que “o local onde estava o repórter acolhia muitos manifestantes ainda tensos com o atentado da madrugada contra o acampamento“. O próprio Milton afirma: “Era impossível saber se o repórter poderia ser ou não agredido, se dissesse alguma coisa que contrariasse os princípios defendidos no acampamento. Por isso, aconselhei que ele fizesse a gravação perto do policiamento, a fim de garantir a integridade dele”.  Confira o vídeo:


PUBLICIDADE



★ ★ ★

Se você acompanha e aprecia o trabalho jornalístico do Boletim da Liberdade, e valoriza a importância de existir um veículo profissional com viés liberal, pedimos que:

➡ Considere fazer uma assinatura solidária ao Boletim. Com uma contribuição mensal, você ajuda que o site continue no ar e possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos. Curta nossas publicações, compartilhe-as para seus amigos e fale do site para conhecidos e familiares liberais. Toda ajuda faz diferença.

Curta nossa página no Facebook

Notícias no WhatsApp
O sexto grupo do Boletim da Liberdade no WhatsApp está com vagas abertas. É por tempo limitado. Entre apenas caso tenha interesse em notícias sobre política e economia com um viés liberal. Clique aqui para entrar.
Siga-nos no Twitter

Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.