fbpx
PUBLICIDADE

MBL faz primeiras declarações após pedido de prisão de Lula: confira

Movimento que tem como um de seus coordenadores nacionais o jovem Kim Kataguiri não tardou a fazer as primeiras declarações após o pedido de prisão Sérgio Moro
Movimento Brasil Livre (Foto: Reprodução/Facebook)
Movimento Brasil Livre (Foto: Reprodução/Facebook)

Ágil nas redes sociais, o Movimento Brasil Livre, principal movimento de rua do Brasil e pioneiro ao pedir o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, não perdeu tempo e fez as primeiras declarações sobre o pedido de prisão de Lula.

Em referência ao slogan utilizado para convocar as manifestações da última terça-feira (3) – “Ou você vai, ou ele volta” – o MBL disse que os brasileiros foram às ruas e, graças a isso, Lula não voltaria.

O movimento coordenado pelo jovem Kim Kataguiri também não deixou de fazer referência ao juiz Sérgio Moro, que surpreendeu o Brasil e especialmente os aliados de Lula ao decretar a prisão do ex-presidente já nesta quinta-feira (5).





Ainda nessa linha, o vereador Fernando Holiday (DEM/SP), também coordenador nacional do movimento, agradeceu o juiz da 13ª Vara Criminal do Paraná.

+ Objetivo da imprensa ‘é tirar nossa página do Facebook do ar’, explica Renan Santos, coordenador nacional do MBL

Compartilhe essa notícia:




O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama