fbpx
PUBLICIDADE

Luiz Philippe de Orleans se aproxima de projeto de Bolsonaro no PSL

O descendente de membros da família Imperial disse que é extremamente importante combater o "globalismo" e esse é um dos fatores que influenciam sua aproximação
Luiz Philippe de Orleans e Bragança, Gustavo Bebbiano e Jair Bolsonaro (Foto: Reprodução / Terça Livre)
(Foto: Reprodução / Terça Livre)
PUBLICIDADE

Luiz Philippe de Orleans e Bragança, um dos atuais descendentes da Família Imperial brasileira, teve anunciada nesta segunda-feira (2) sua aproximação, a convite, do projeto político do Partido Social Liberal, que deverá hospedar a candidatura presidencial do deputado Jair Bolsonaro. Orleans fez uma transmissão ao vivo em sua página no Facebook para abordar a decisão, explicar seu afastamento do Partido Novo, por onde seria candidato, e ao mesmo tempo convocar seus seguidores para a manifestação desta terça-feira (3).

PUBLICIDADE

Em seu vídeo, Orleans elogiou a iniciativa de João Amoêdo de fundar o Partido Novo. Porém, do ponto de vista pessoal, Orleans afirmou que o NOVO não precisa dele, que “há outros partidos surgindo que podem ser forças políticas importantes também” e que poderiam utilizá-lo “de maneira melhor”, razão por que se desvinculou da legenda. O ativista elogiou bastante o projeto do PSL e a afinidade de agendas, porém nada falou oficialmente sobre filiação ou disputa por cargos eletivos.

Leia também:  Bolsonaro afirma ter três possíveis destinos após as eleições de 2022

“Minha decisão de não estar mais filiado ao Partido Novo vem ao encontro de convites. Ao convite que se tornou público do PSL. E por que eu gosto do PSL, sem nenhum demérito ao NOVO? Sou um pequeno empresário assim como a maior parte da base do NOVO, que é espetacular. Que sabe o que é viver e pagar DARF todo mês. Mas meu pai foi militar. Essa parte de força de segurança sempre me foi muito cara, próxima. A maioria do PSL hoje são policiais, policiais militares. São pessoas que viveram problemas de segurança pública e enxergam a questão de soberania nacional mais à fundo. Vejo um encaixe muito bom para mim. Fico mais à vontade para falar de temas como esse”, disse.

PUBLICIDADE

Leia também:  A reação nas redes sociais dos deputados do NOVO às falas de Bolsonaro

O economista Rodrigo Constantino também divulgou a informação do convite público do PSL. Segundo ele, que teve acesso a um documento assinado pela própria família Bolsonaro, Jair e seus filhos reconheceram no texto “com humildade que o partido ainda precisa passar por ajustes para que possa ‘incorporar esse movimento conservador que vem tomando corpo no Brasil’ e se compromete a ter ‘pleno respeito’ por tais valores”. A carta termina convidando Luiz Philippe formalmente a participar do projeto “para resgatar o nosso Brasil”. [1]

Confira o vídeo de Luiz Philippe na íntegra:

Compartilhe essa notícia:

Leu até aqui? Siga nas redes!

MARCAS APOIADORAS

Podcast

O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama