fbpx
PUBLICIDADE


Colunista do ILISP publica lista de 15 perguntas para pré-candidatos liberais

O artista plástico João César de Melo mais uma vez adotou um tom crítico e propôs uma série de questionamentos para os pré-candidatos liberais

- Publicado no dia
João César de Melo (Foto: Reprodução / Catraca Livre)

O artista plástico João César de Melo, colunista do Instituto Liberal de São Paulo, já havia enviado um recado crítico ao pré-candidato do Partido Novo, João Amoedo, afirmando que ele precisaria saber estimular “o voto das pessoas comuns”. Em artigo publicado no último dia 19, ele resolveu ir além: colocou todos os nomes que vêm sendo ventilados no espectro do liberalismo, como o empresário Flávio Rocha, contra a parede. [1]

Segundo João, o artigo foi motivado pela consulta que um membro do Partido Novo lhe fez há algumas semanas. “Queria me conhecer. Conversar comigo”, afirmou. “Resumindo, ele disse que não tinha posição definida sobre porte de arma, que o cristianismo é uma grande desgraça da sociedade e que respeita o socialista fabiano Geraldo Alckmin. Voltei para casa com uma pergunta na cabeça: esse é o tipo de liberal que está preenchendo os partidos que se dizem liberais?”


PUBLICIDADE



Com o propósito de esclarecer essa dúvida, ele redigiu o texto “15 perguntas para Flávio Rocha, João Amoêdo e outros pré-candidatos liberais”, buscando entender melhor o que passa pela cabeça de todos esses nomes. As perguntas incluem uma dúvida sobre a intenção de privatizar o BNDES e as empresas estatais, medidas a serem tomadas para reduzir a burocracia e o fechamento da economia, o tráfico de drogas, a segurança pública, o financiamento estatal à cultura, a relação com o MST e até os programas assistencialistas. Será que responderão?

★ ★ ★

Nós criamos o Boletim da Liberdade porque acreditamos em um jornalismo sério, independente e de viés liberal. Você pode ajudar esse projeto.

Para que possamos manter e melhorar nossa missão de organizar, divulgar e apurar informações de interesse público, tornando-as acessíveis para todos, precisamos da sua ajuda. Se você é um entusiasta do Boletim, colabore fazendo uma assinatura. Com menos de R$ 10 ao mês, você ajuda a viabilizar um jornalismo mais plural e democrático no Brasil e tem acesso a conteúdos exclusivos.

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.