fbpx
PUBLICIDADE

Arthur do Val comenta conflitos internos do ecossistema pró-liberdade

YouTuber ficou impressionado de como membros do próprio movimento atacam gratuitamente as principais lideranças e seus feitos, como Fabio Ostermann, Kim Kataguiri e Hélio Beltrão
Em manifestação do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (Foto: Reprodução / Youtube)
Foto: Reprodução / YouTube
Foto: Reprodução / YouTube

Em vídeo publicado no último dia 4, Arthur do Val, do canal “Mamãe Falei”, teceu considerações sobre as críticas internas que existem no ecossistema pró-liberdade do Brasil. Instigado por um meme com ironias a Fabio Ostermann, líder do PSL/Livres no Rio Grande do Sul e uma das principais lideranças do movimento liberal, Do Val diz que ficou impressionado com os comentários negativos de um grupo no Facebook sobre as principais lideranças do movimento.

“Uma vez quando eu comecei a entrar nesse mundo de liberalismo, eu ouvi dizer das pessoas que estavam enraizadas que […] era o [mundo] mais babaca que tem”, confessou. “Infelizmente, o individualismo no mundo liberal e libertário é muito levado a sério. A regra do cada um por si vale mesmo”.

“O que me chamou atenção é como no mundo libertário as pessoas adoram ficar se digladiando, ficar falando mal do que o outro está fazendo. Nos comentários, tinha um monte de gente descendo a linha em várias pessoas dos memes, como no Kim, no prefeito de Porto Alegre, do Helio Beltrão etc”, explicou.

Em seguida, Do Val comenta sobre várias lideranças do movimento, fazendo ponderações sobre o que essas pessoas conseguiram para o movimento pró-liberdade. Assista:

O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Siga o Boletim

Leia também