Partido Socialista Brasileiro exibe propaganda atacando o liberalismo

Segundo a propaganda do PSB, o partido oferece uma alternativa ao socialismo stalinista e ao “liberalismo conservador”, que “explora as pessoas”

- Publicado no dia
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O Partido Socialista Brasileiro exibiu nesta quinta-feira (22) sua propaganda em rede nacional. No filme, de modo caricato, o PSB elegeu o que chama de “liberalismo” como um de seus grandes inimigos.

Na propaganda, de teor bastante ideológico, a legenda exaltou sua longa história e seu apoio à campanha das Diretas Já em 1984, bem como destacou sua defesa da renúncia do presidente Michel Temer e da convocação de novas eleições diretas o mais depressa possível.

O PSB defendeu que os partidos devem “mostrar claramente sua ideologia, visão de mundo e de vida”. O PSB afirma acreditar que a maioria dos partidos brasileiros “se divide em duas correntes de pensamento”. Alguns, segundo a propaganda, “seguem o liberalismo conservador, que é um sistema que valoriza o individualismo e a competição, mas não oferece igualdade de condições na concorrência por uma vida melhor. Aí, o progresso acontece às custas da exploração dos mais fracos”.

O outro lado seriam os defensores do “controle absoluto da economia”, um sistema centralizador onde o cidadão “depende do governo para guiar suas escolhas”. Sem liberdade, então, “o potencial das pessoas é desperdiçado”. O caminho ideal, para o PSB, é aquele “onde o socialismo e a liberdade se encontram”, representado pelo Partido Socialista Brasileiro, “uma esquerda democrática que apoia a diversidade social, o pluralismo político, ideológico, cultural e religioso”. O que o leitor acha disso? Confira a propaganda abaixo:

 

Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail


Leia também