Ana Paula do vôlei concede entrevista sobre imigração e política à PragerU

A ex-jogadora da seleção brasileira feminina de vôlei tem feito comentários favoráveis às ideias da direita em suas redes sociais e defendeu as posições do Partido Republicano

- Publicado no dia

Morando nos Estados Unidos, a ex-jogadora da seleção brasileira feminina de vôlei, Ana Paula Henkel, foi convidada a conceder uma entrevista para a PragerU, instituição que produz vídeos de 5 minutos dedicados a refutar ideias da esquerda e explicar rapidamente conceitos relacionados às teses conservadoras. O jornalista de VEJA, Felipe Moura Brasil, já havia gravado um vídeo para a PragerU.

Ana Paula chamou a atenção nos últimos tempos por tecer comentários em seus perfis nas redes sociais favoráveis às teses da direita. Na entrevista à jornalista Elisha Krauss, ela ressaltou a escassez de veículos de comunicação e jornalistas conservadores no Brasil, comentou que tinha uma vaga admiração por Hillary Clinton antes de se casar com um Republicano e que as pessoas precisam aprender a diferenciar “imigrantes” de “imigrantes ilegais”.

A entrevista completa está disponível apenas para cadastrados no site da PragerU, mas a instituição divulgou este trecho inicial em seu Facebook, em que justamente a ex-atleta trata da questão da imigração. Confira:

Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail


Leia também