Após chamar Temer de comunista, João César de Melo anuncia saída do Instituto Liberal

Segundo o artista plástico, ele deixará de publicar artigos no IL por ver que seu “viés libertário estava forte demais”

- Publicado no dia

O artista plástico João César de Melo anunciou hoje (28) em seu perfil no Facebook que deixará de publicar artigos no Instituto Liberal. Segundo ele, essa decisão foi tomada em boa medida “pela grande repercussão que teve um artigo […] onde explicava que [o presidente Michel] Temer não passava de um comunista”.

Apesar da saída, Melo garante que se despede sem mágoas. “Saí apenas por ver que meu viés libertário estava forte demais, um tanto fora da linha editorial do IL”, afirma. Além de dedicar seu tempo às artes, tendo suas obras sido expostas em diversas regiões do país, João César de Melo também é autor do livro “Natureza Capital”.

Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail


Leia também