Panorama #3 - Político quer ir ao MP para proibir relançamento de livro de Edir Macedo - Coluna Panorama - Boletim da Liberdade

Panorama #3 – Político quer ir ao MP para proibir relançamento de livro de Edir Macedo

04.08.2019 05:41

O vereador Atila Alexandre Nunes (MDB/RJ) afirmou na última sexta-feira (2) que entrará com uma representação no Ministério Público Federal para proibir o relançamento do livro Orixás, Caboclos e Guias: Deuses ou demônios?, do bispo Edir Macedo. Segundo o parlamentar, “permitir a circulação de um livro como este é um grande erro e uma incitação ao ódio religioso”. [1]

O livro

Lançado em 1997 pelo líder da Igreja Universal do Reino de Deus, a obra diz denunciar “manobras satânicas” que ocorrem em religiões como Espiritismo, Umbanda, Candomblé e outras denominações espiritualistas. Em 2005, a circulação do livro chegou a ser proibida pela Justiça, mas a decisão acabou sendo revogada um ano depois. Atila Alexandre Nunes, por sua vez, é ligado à Umbanda.

Terra dos evangélicos

Falando em Igreja Universal, o Rio de Janeiro – cidade governada pelo sobrinho de Macedo, Marcelo Crivella – deve ter outro nome ligado fortemente aos meios evangélicos disputando a Prefeitura. O senador Arolde de Oliveira (PSD/RJ), com 82 anos, é cotado para a disputa. Ele é dono do Grupo MK de Comunicação, que controla a MK Music, maior gravadora gospel do país, que já agenciou ou agencia os principais artistas desse segmento.

Livres

Na última quarta-feira, em São Paulo, o Livres fez a primeira exibição pública do documentário comemorativo dos 25 anos do Plano Real. Dirigido pelo jornalista Mano Ferreira (na foto abaixo, ao centro), a produção contou com entrevistas exclusivas de nomes que fizeram a moeda.

 

Novas exibições

Após colher reações do público, diz o diretor, o documentário passará por alguns ajustes e, depois, voltará ao circuito com exibições públicas – principalmente em escolas e universidades. A produção deve, enfim, ficar disponível na área do associado ao Livres e, no futuro, receber uma versão de websérie para ser colocada no canal do YouTube.

IMB em Petrópolis

Selecionados alunos e professores do Instituto Mises Brasil reuniram-se nesse fim de semana em Petrópolis (RJ) para o Winter School. O IMB, como se sabe, é o principal centro de pensamento de viés liberal do país e dedica-se à Escola Austríaca de Economia.

Mitraud

Foram 1.973 projetos enviados ao edital aberto em junho pelo deputado federal Tiago Mitraud (NOVO/MG) em parceria com o deputado estadual Guilherme da Cunha (NOVO/MG) para definir o destino das emendas parlamentares a que têm direito. Segundo eles, a iniciativa trata-se de uma “forma de estabelecer um método justo e eficiente de entrega dos recursos”, embora Mitraud defenda que “sequer deveriam existir as emendas”, que comparou com um “pedágio dos deputados”.

Vélez promete livro

Ex-ministro da educação, Ricardo Vélez Rodriguez prometeu nas redes sociais dar uma “resposta” sobre sua passagem pelo MEC. “O que tem se falado sobre mim terá, sim, resposta. Mas vou com calma. Tua justificada indignação é também minha pois injustiça causa indignação”, escreveu o professor, enigmático, em resposta a um comentário de uma internauta que lhe sugeriu “abrir a boca e falar as merdas que viu e passou”.

Embaixador na cadeira

O diplomata Paulo Roberto Almeida agora será titular da cadeira número 4 do Instituto Histórico Geográfico do Distrito Federal. Assumirá no próximo dia 14 de agosto.

Arrumando o partido

O Partido Social Liberal deverá implementar regras de compliance. Esse teria sido um dos compromissos feitos em reunião entre Jair Bolsonaro e Luciano Bivar (presidente do PSL) para a continuidade do presidente na legenda. Antes, estava em mesa a possibilidade de Bolsonaro deixar o partido – o que já está praticamente descartado.

Doria a pleno vapor

Ex-aliado de Jair Bolsonaro, a quem cedia a própria casa para a gravação dos programas eleitorais do PSL nas eleições de 2018, Paulo Marinho assumiu no início do ano o diretório do PSDB fluminense com a benção de João Doria. Com a missão de renovar o partido, o executivo começou a mexer nos diretórios locais e, na medida do possível, priorizando pessoas com perfil empreendedor. Nos bastidores, fala-se de “perfil Partido Novo”. Dará certo?

Saindo do NOVO

Tem vereador eleito pelo Partido Novo em 2016 cuja saída do partido é praticamente certa. Hoje, é sondado pelo PSL e pelo PSDB .

Novo colunista

Ativista das candidaturas independentes, o advogado Rodrigo Mezzomo assinou com o Boletim da Liberdade. Será colunista no site.

Não perca nossas colunas

Receba a Coluna Panorama e outros conteúdos especiais do Boletim da Liberdade direto no seu WhatsApp. Para isso, clique aqui e envie-nos uma mensagem. Depois, adicione nosso contato ao número do seu celular. Tem alguma informação interessante para compartilhar conosco? A coluna está de ouvidos abertos. Envie um e-mail para [email protected] e conte a sua história.