fbpx

Contra Lula, Netanyahu convida Bolsonaro e Tarcísio para visitar Israel

A viagem surge para contrapor as falas do presidente Lula comparando as ações de Israel em Gaza com Hitler no Holocausto
Netanyahu Tarcísio e Bolsonaro
Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

Compartilhe

Os governadores Tarcísio de Freitas (Republicanos), de São Paulo; e Ronaldo Caiado (União Brasil), de Goiás; têm viagem prevista para Israel a convite do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu. Marcada para o dia 18 deste mês, a viagem surge para contrapor as falas do presidente Lula comparando as ações de Israel em Gaza com Hitler no Holocausto, exatamente um mês após a entrevista do petista.

Nesse sentido, o governador de Minas Gerais, Romeu Zema (NOVO), também foi convidado por Netanyahu para visitar Israel. No entanto, Zema já adiantou que não poderá comparecer por ter compromisso agendado na mesma data. Além disso, o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) disse, em discurso aos apoiadores no sábado (9), que foi um dos convidados pelo primeiro-ministro israelense. Bolsonaro, porém, está com passaporte retido e impedido pela Justiça de deixar o país.

Leia também:  Justiça proíbe filho de Lula de se aproximar da mulher após denúncia de agressão

De acordo com informações divulgadas pela CNN, a defesa do ex-presidente vai recorrer ao ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), para que Jair Bolsonaro possa viajar a Israel.

Lula compara ações de Israel ao Holocausto

Assine o Boletim da Liberdade e tenha acesso, entre outros, às edições semanais da coluna panorama

plugins premium WordPress
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?