fbpx

Lewandowski aceita convite de Lula para assumir o ministério da Justiça

O ministro Ricardo Lewandowski, uma figura importante na história do Supremo Tribunal Federal (STF), participou hoje de sua última sessão plenária na Corte.
Aposentado do STF desde o ano passado, Ricardo Lewandowski estava trabalhando como advogado para a J&F dos irmãos Batista

O ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski aceitou o convite do presidente Lula (PT) para assumir o ministério da Justiça. Lewandowski vai assumir o posto que era de Flávio Dino na pasta.

De acordo com o portal G1, o ex-ministro do STF se reuniu com Lula e Dino na noite desta quarta-feira (10), e uma nova reunião deve acontecer nesta quinta-feira (11). Ainda segundo o portal, o nome do novo ministro da Justiça deve ser anunciado após a nova reunião.

Lewandowski, Lula e irmãos Batista

Em fevereiro de 2023, o então ministro Ricardo Lewandowski encerrou três ações penais contra o presidente Lula no STF, que tratavam da compra da sede e doações feitas ao Instituto Lula.

Leia também:  Financial Times destaca corrupção e sensação de impunidade no Brasil

Além disso, o ex-ministro do Supremo foi contratado para atuar na equipe jurídica da J&F, dos irmãos Batista, menos de uma semana após aposentaria na Corte.

Em fevereiro de 2021, Lewandowski suspendeu um processo do Tribunal de Contas da União (TCU) contra Joesley Batista no STF. Na época, o TCU pedia um ressarcimento de R$ 670 milhões em reparação por supostas irregularidades cometidas durante a transação em que o BNDES comprou ações do frigorífico Bertim, em 2008.

Compartilhe essa notícia:

Assine o Boletim da Liberdade e tenha acesso, entre outros, às edições semanais da coluna panorama

plugins premium WordPress
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?