fbpx

Câmara rejeita tentativa do NOVO em reduzir Fundão Eleitoral

Câmara dos Deputados
Partidos da base do governo Lula, e do PL, do ex-presidente Jair Bolsonaro, votaram para manter o Fundo Eleitoral em quase R$ 5 bilhões

A Câmara dos Deputados rejeitou por 355 a 101 votos incluir um destaque do partido NOVO para reduzir o Fundo Eleitoral. Com a proposta, o NOVO foi o único partido a orientar a redução do Fundão de R$ 4,9 bilhões para R$ 939 milhões nas eleições de 2024.

Nesse sentido, partidos como PT, PC do B e PV, da base do governo Lula, e PL, do ex-presidente Jair Bolsonaro, votaram para manter o Fundo Eleitoral em quase R$ 5 bilhões no pleito do próximo ano.

“Temos lutado bravamente, mas perdemos todas as batalhas contra o Fundão. Perdemos em 2017, em 2019, em 2021 e agora em 2023″, disse Eduardo Ribeiro, presidente do Partido NOVO. O Brasil já é o país que mais gasta dinheiro público com campanhas eleitorais, mas parece estar caminhando para um ponto de não retorno. E não faz mais sentido abrir mão desse recurso se quisermos ser competitivos para continuar lutando contra ele”, completou.

Compartilhe essa notícia:

Assine o Boletim da Liberdade e tenha acesso, entre outros, às edições semanais da coluna panorama

plugins premium WordPress
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?