fbpx

Toffoli suspende pagamento de multa R$ 10 bi da J&F

Dias Toffoli
O corpo de advogados da empresa conta com Roberta Rangel, esposa de Toffoli

O ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), suspendeu o pagamento da multa de R$ 10,3 bilhões do acordo de leniência da J&F. A decisão vale até que a empresa analise mensagens apreendidas na Operação Spoofing. Toffoli atendeu ao pedido da defesa da J&F. O corpo de advogados da empresa conta com Roberta Rangel, esposa de Toffoli. Ela não foi a autora da liminar que o ministro julgou, mas atua em casos relacionados.

A empresa alega que os diálogos mostram proximidade ilegal entre procuradores da força-tarefa e juízes responsáveis por analisar os processos da Lava Jato e indicam o uso ilegal de provas. A empresa busca recapturar o acordo.

“Frise-se que a suspensão das obrigações pecuniárias assumidas pela J&F poderia ser concedida até mesmo ex officio (por iniciativa do ministro), em razão da flagrante ilicitude e considerando a identidade dos cenários fáticos descrita acima, de modo a impedir que um acordo entabulado sob bases ilícitas tenha o condão de usurpar quantias bilionárias”, escreveu Toffoli na decisão.

Leia também:  Financial Times destaca corrupção e sensação de impunidade no Brasil

O ministro aposentado do STF, Ricardo Lewandowski, também advoga para a empresa.

Compartilhe essa notícia:

Assine o Boletim da Liberdade e tenha acesso, entre outros, às edições semanais da coluna panorama

plugins premium WordPress
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?