fbpx

Esquerda evita diálogo e hostiliza liberais na Conferência Nacional da Juventude

Esquerda evita diálogo e hostiliza liberais na Conferência Nacional da Juventude
Jovens de direita registraram boletim de ocorrência após agressões

O presidente da Juventude Nacional do Partido Novo, Matheus Biancardine, divulgou agressões sofridas por coordenadores do Students For Liberty Brasil (SFLB) e membros da União Juventude e Liberdade (UJL). Eles participavam da Conferência Nacional da Juventude em Brasília neste final de semana. Em mais um episódio, jovens liberais ouviram gritos com os dizeres “racistas e fascistas”.

De acordo com Biancardine, o evento teve um início conturbado, com divergências pela manhã. Após o almoço, outros movimentos de esquerda proibiram o grupo de sentar na frente. A situação se agravou quando os manifestantes cercaram e hostilizaram o grupo, impedindo sua locomoção dentro do auditório.

Tensão na Juventude

Dessa forma, a segurança foi acionada para proteger os participantes agredidos. Biancardine afirmou ter tentado dialogar com lideranças de esquerda, sem sucesso,  inclusive com a intervenção do secretário nacional que veio do Planalto para auxiliar na resolução do impasse.

Leia também:  Geração Z: o que pensam os jovens que vão disputar as eleições de 2024

Apesar dos incidentes, o grupo resolveu continuar no evento, buscando um espaço seguro dentro da conferência. Nesse sentido, o presidente da Juventude do NOVO pediu apoio para dar visibilidade ao ocorrido. Ele destacou a gravidade da situação, com membros feridos e a necessidade de uma intervenção para garantir a integridade dos participantes.

Compartilhe essa notícia:

Assine o Boletim da Liberdade e tenha acesso, entre outros, às edições semanais da coluna panorama

plugins premium WordPress
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?