fbpx

PF investiga deputado suspeito de chefiar milícia na Bahia

PF investiga Deputado estadual da Bahia
A Justiça determinou o bloqueio de mais de R$ 700 milhões das contas bancárias dos investigados pela operação

A Polícia Federal (PF) cumpriu 43 mandados judiciais na operação “El Patrón”, na manhã desta quinta-feira (7), no estado da Bahia, sendo dez de prisão preventiva.

“Consta na denúncia que, mediante investigações capitaneadas pela Polícia Federal foram colhidos elementos indiciários que demonstram que, supostamente, desde o ano de 2013, os denunciados integrariam organização criminosa armada liderada por Kléber Cristian Escolano de Almeida, alcunha ‘Binho Galinha’, e agiriam em comunhão de ações e desígnios, de forma consciente e voluntária, de forma permanente e estável, mediante divisão de tarefas, para o fim de ocultar e/ou dissimular a natureza, origem, localização, disposição, movimentação e/ou propriedade de bens, direitos ou valores provenientes, direta ou indiretamente, de variadas infrações penais, em especial receptação de cargas roubadas/furtadas, extorsão, jogo do bicho e agiotagem, entre outras”, diz a denúncia.

O principal alvo apontado pelos investigadores é o deputado estadual Kleber Cristian Escolano de Almeida, o Binho Galinha (Patriota). Segundo a PF, ele é o chefe da milícia em Feira de Santana (Bahia) e cidades vizinhas. Por ser considerado o chefe do grupo criminoso, a PF chegou a pedir a prisão dele. Entretanto a 1ª Vara Criminal de Feira de Santana negou, autorizando somente a busca.

Leia também:  Bolsonaro pode ser preso? Juristas explicam

A Justiça determinou o bloqueio de mais de R$ 700 milhões das contas bancárias dos investigados, bem como o sequestro de 26 propriedades urbanas e rurais. Ainda foi ordenada a suspensão das atividades econômicas de seis empresas relacionadas ao caso.

O inquérito também aponta a participação de policiais militares do estado da Bahia, que integrariam o braço armado do grupo miliciano. Eles seriam responsáveis por realizar cobranças violentas e ameaçadoras de valores indevidos provenientes de jogos ilícitos e empréstimos com juros abusivos.

 

Compartilhe essa notícia:

Assine o Boletim da Liberdade e tenha acesso, entre outros, às edições semanais da coluna panorama

plugins premium WordPress
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?